Ofereço cartões OPTIMUS TAG.
Contacta-me!!

juliaafferreira@gmail.com

VISITE OS MEUS OUTROS BLOGS:

http://www.as-minhas-bugigangas.blogspot.com/










Compre aqui os seus electrodomésticos:

domingo, 31 de janeiro de 2010

Entrecosto frito com farinha de milho

Gosto muito de farinha de milho a acompanhar carne ou peixe! Ou mesmo caril.....
"Ufsha" como se chama na minha Terra, pirão em Angola, xarém no Algarve, papas de milho na Madeira.... também já ouví chamarem-lhe carolo....
Eu gosto mais da farinha branca, mas é mais fácil encontrar a amarela ... desta vez como não tinha a branca, lá teve de ser, mas fica saborosa na mesma!!!!



Farinha de milho com ameijoas


Entrecosto frito

Ingredientes:
  • 1/2 Kg de entrecosto
  • alho
  • massa de pimentão
  • pimenta
  • louro
  • sal
  • manteiga
  • salsa
  • 1/2 kg de ameijoas
  • vinho branco
  • 250 gr de farinha de milho
  • 1 cebola
  • azeite
  • coentros frescos
Temperar o entrecosto com massa de alho com sal, massa de pimentão, pimenta, louro e vinho branco e deixar marinhar por 2 horas pelo menos.

Lavar as ameijoas e levar ao lume num tacho com um pouquinho de água, vinho branco e sal até abrirem.

Retirar as ameijoas, descascar e reservar. deixar algumas com casca para decorar. Guardar a água.

Alourar 1 cebola picada com 3 colheres de sopa de azeite virgem e depois juntar 300dl de água quente misturada com o líquido de cozer as ameijoas. Quando começar a ferver, juntar a farinha de milho.

Deixar ferver durante 30 minutos, mexendo de vez em quando para não pegar. Tem de ficar uma papa grossa e começar a despegar do fundo do tacho, se fôr preciso adicionar + um pouquinho de água.

Entretanto, fritar o entrecosto na actifry com uma noz de manteiga e 1 colher de azeite por 15 min. Juntar o que ficou da marinada e deixar continuar a fritar por mais 10 min.

Retirar o entrecosto, coar o molho e juntar á farinha que está ainda a ferver. Juntar as ameijoas descascadas e rectificar o sal.

Decorar o prato com as ameijoas com casca e coentros
picados.

sábado, 30 de janeiro de 2010

Camarões fritos á minha maneira



Ingredientes:
  • 1 kg de camarão 20/30
  • 6 dentes de alho
  • sal
  • vinho branco ou cerveja q.b.
  • pimenta
  • pimentão doce
  • piri-piri ou malaguetas
  • 1 limão
  • azeite
  • manteiga
Prepara-se os camarões dando um golpe ao longo do lombo e retirando a tripa. Corta-se o ferrão da cabeça, as barbas e metade do rabo (não sei porquê, mas aprendó a preparar assim o camarão).

Temperar com alho pizado com o sal, pimenta, pimentão doce, piri-piri e o vinho. Mexer bem para ganharem o sabor. Deixar marinhar por cerca de 2 horas.


Numa frigideira grande, deitar um pouco de azeite virgem e manteiga em partes iguais de modo a que não cubram o camarão. (Se não usar piri-piri, metas as malaguetas no azeite).

Qdo o azeite estiver quente, deite uma mão de camarões de modo a poder virá-los bem. Deixe fritar até alourar e depois vire um a um. Qdo estiver frito retire para uma travessa e ponha o resto do camarão a fritar.


No fim, verter  a marinada para a frigideira e deixar ferver até engrossar o molho, que reduz para metade.

Deitar o molho na travessa por cima dos camarões e espremer o sumo de meio limão para cima.



Ficaram mesmo, mesmo bons!

Chamuças - Especialidades de Maputo (Moçambique)

Como algumas de vocês sabem, nascí em Moçambique e vim para Portugal com 10 anos.
Descendo de uma miscelânea de raças: Portuguesa, Alemã, Indiana e Moçambicana. Esta mistura resultou em mim, e nos meus irmãos claro!!
Andei a pensar na melhor maneira de vos explicar como se fazem as chamuças, não sei se vou conseguir, mas da próxima vez, vou tentar fotografar passo a passo (o que não é fácil pois fico com as mãos sujas e não dá jeito pegar na máquina fotográfica).

Já ás tinha postado aqui, mas agora explico como se fazem!

PS: Adicionei um video retirado da Net que ensina como se enrolam as chamuças!




Então aqui vai:

Ingredientes

  • 1 chávena de água
  • 5 dentes de alho
  • 4 cebolas grandes cortadas ás rodelas finas
  • uma mão cheia de rama da cebola (se não tiverem pode ser cebolinho)
  • 2 colheres de sopa de pó de caril
  • 2 colheres de chá de coentros em pó
  • 2 colheres de chá de cominhos em pó
  • 2 chávenas de farinha
  •  1 colher de sopa de Garam Masala (compro numa loja de indianos, mas se não tiverem aumentem a quantidade de coentros e cominhos em pó)
  • 250 grs de carne de vaca picada (eu compro bifes e pico em casa para não terem nervos nem gordura)
  • 1 colher de sopa de gengibre em pó (ou triturado na bimby)
  • 5 colheres de sopa de manteiga
  • 1 ramo de salsa fresca
  • 1 ramo de coentros frescos
  • óleo q.b.
  • Sal q.b.
  • Sumo de meio limão

Preparação

Junte a farinha, o sal, a manteiga e a água numa tigela. Amasse bem e deixe repousar enquanto prepara o recheio. Pode-se fazer no copo da bimby.

Aqueça a manteiga numa tacho médio, junte 2 cebolas ás rodelas, o gengibre ralado e o alho picado. Deixe alourar, juntando depois o caril, o sal, o limão e a carne de vaca muito bem picadinha. Mexa bem, e deixe cozer em lume brando durante 10 a 15 minutos. Adicione um pouquinho de água, no caso de secar demais. (Mas não é para fazer molho, pq tem de ficar mais seco do que o molho á bolonhesa).

Junte a este preparado o garam masala, o caril, o coentro e os cominhos em pó mexendo bem. Adicione uma pitada de piri-piri (eu não gosto delas muito picantes por isso uso muito pouco piri-piri).

Retire do lume e deixe arrefecer. Prove a carne para ver se está ao paladar e rectifique os temperos. Deve ficar um pouco salgada e com sabor bem pronunciado.

Qdo estiver pronta, adicione as outras 2 cebolas e a rama ou cebolinho cortado finamente e deixe só até a cebola começar a ficar transparente. Adicione a salsa e os coentros frescos bem lavados e cortados finamente. Retire imediatamente do lume e deite num escorredor, para perder a gordura da carne e da manteiga.

Pegue na massa que ficou a repousar, faça pequenas bolas e estenda-as como se fosse para fazer uma pizza. Unte com manteiga e ponha outra massa igualmente estendida por cima e passe novamente o rolo por cima (ficam 2 camadas juntas). Ponha um assador ou uma frigideira anti-aderente grande no lume a aquecer, asse a massa dos 2 lados só até começar a ficar loura muito ao de leve. Atenção para não deixar queimar pois tem de ficar bem fininha. Assim que tirar do lume separe as 2 camadas, mas depois de arrefecer coloque-as em cima umas das outras.
Repita este processo até acabar as bolas de massa. Se não conseguir separá-las,  asse uma camada de cada vez.

Quando estiverem todas assadas e ainda mornas, corte-as de uma vez em tiras de +/- 8 cm com uma boa faca. Apare o canto que fica arredondado para que essas tb fiquem em tiras.

Faça numa caneca um preparado com 3 colheres de farinha e um pouco de água e bata com uma colher até ficar uma pasta tipo cola.

Agarre numa tira de massa e enrole tentanto fazer um triângulo. Deite 1 colher de chá do preparado de carne dentro e continue a enrolar até ao fim. Cole a ponta com a cola de farinha para que a ponta não abra qdo fritar. Repita este passo até acabar as tiras de massa.



Aqueça bem o óleo e deixe aloirar as chamuças.

Eu faço em grande quantidade e coloco-as num tabuleiro em pé umas ao lado das outras, congelo-as e depois meto-as em sacos plásticos.
Como vêm não são fáceis de fazer, mas prometo fazer uma reportagem fotografada da próxima vez que fizer, que deve ser na Páscoa!

Nota: Em alternativa, pode comprar massa Filo e cortar em tiras que também resulta!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Pastéis de nata

Receita antiga na pastelaria de Belém


Imagens retiradas da Net.
Gosto muito de pastéis de Belém (pastéis de nata)!
Esta receita é da minha irmã dos tempos em que ela andou a tirar um curso de pastelaria no Galeto em Lisboa, mas tenho de repetir um destes fins-de-semana!!!

Ingredientes:
  • 6 gemas mexidas
  • 0,5 l de leite
  • 100g de farinha maizena
  • 1 pau de canela
  • 2,5 dl de água
  • 300g açúcar
  • 2 cascas de limão
Num recipiente dissolver a farinha com um pouco de leite e reserve.

Num tachinho, pôr o açúcar, a canela, as cascas, e a água, levar ao lume, deixar ferver durante 3 minutos.

Depois, juntar o leite todo (o que tem a farinha e o que sobrou), e deixar engrossar o creme mexendo sempre. Depois de feito, retirar a canela e as cascas.

Fora do lume, juntar as gemas e mexo muito bem...

Colocar a massa folhada, já pronta, na forma, picar o fundo com um garfo, e deitar o creme por cima.

Vai ao forno até ficar com aspecto dourado.
Bom apetite!

Pato assado ao molho de vinho do Porto

Ingredientes:
  • 1 pato
  • 300 grs de bacon
  • 4 dentes de alho
  • pimenta preta q.b.
  • 1 limão
  • 1 laranja
  • molho inglês
  • 5 nozes de manteiga
  • 1,5 dl de Vinho do Porto
  • 2 colheres de sopa de doce de laranja
Tempera-se o pato com sal grosso, alho e pimenta preta moída na altura e sumo de limão e vai a assar em tabuleiro untado com 5 nozes de manteiga em forno previamente aquecido a 180.° durante 30 minutos.


Cobrir o pato com tiras finas de bacon, juntar 1 dl de água quente e levar novamente ao forno durante mais 30 minutos.

Dar um golpe no peito do pato, de cima a baixo, reguei com 1,5 dl de vinho do Porto e sumo de 1 limão e levei a assar durante mais 15 minutos.



Retirei o pato do forno e coei o molho para um tacho pequeno. O pato e o bacon mantive-os no forno desligado para não arrefecerem.

Levar o molho ao lume, com 2 colheres de sopa de doce de laranja, o sumo de 1/2 laranja grande, temperei com molho inglês e deixei ferver durante 3 minutos.

Serví o pato guarnecido com puré de batata.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Linguados fritos com arroz de grelos



Ingredientes:
  • 3 linguados
  • azeite virgem
  • 4 dentes de alho
  • 1 cebola
  • louro
  • 1 ramo de grelos
  • vinho branco
  • 1 caldo de peixe
  • sal e farinha
  • sumo de limão,
  • 22o gr de arroz
Com uma faca bem afiada, comecei por dar um pequeno golpe junto aos olhos dos linguados. Com a ponta levantei ligeiramente a pele do lado de cima e puxei-a até sair completamente. Escamei a parte de baixo, tirei-lhes as víceras e lavei-os. Coloquei-os num tabuleiro e temperei-os com sal e sumo de limão.


Num tacho, levei ao lume 1 cebola média picada com 4 dentes de alho, também picados, 1 folha de louro, 2 colheres de sopa de azeite virgem e refoguei. Refresquei com vinho branco, tapei e deixei ferver um pouco. Juntei os grelos cortados em pedaços, depois de lhes ter tirado as folhas grandes e os troncos, e deixei refogar mais um pouco. Adicionei 7 dl de água e 1 cubo de caldo de peixe e depois de começar a ferver deitei 220 gramas de arroz. Rectifiquei de sal e deixei cozer.

Passei entretanto os linguados por farinha e fritei-os em óleo. Retirei-os e coloquei-os sobre um papel absorvente. Depois, servi.



Nota: Depois de colocar os linguados no óleo a ferver, não se mexem. Deixam-se fritar 3 minutos, voltam-se, aguarda-se mais 2 minutos e retira-se.

Receita para 3 pessoas.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Fricassé de frango

Ingredientes:
  • 1 frango
  • azeite
  • vinho branco
  • 2 cebolas
  • 4 dentes de alho
  • 1 cenoura
  • 2 gemas de ovo
  • salsa
  • sal e pimenta
  • 1 limão
Tirei a pele ao frango. Separei as pernas e as asas e os peitos, cortei tudo aos pedaços.

Num tacho aqueci 3 colheres de sopa de azeite virgem e aí alourei os pedaços de frango. Refresquei com vinho branco, tapei e deixei transpirar durante cerca de um minuto.

Juntei depois 2 cebolas médias, 1 cenoura e 4 dentes de alho, tudo bem picadinho. Temperei com sal e pimenta preta moída na altura, tapei e deixei refogar em lume brando durante cerca de 45 minutos.

Retirei do lume, juntei 2 gemas de ovo batidas e diluídas num pouco de água fria, 1 raminho de salsa picado e levei ao lume para engrossar. Retirei antes de recomeçar a ferver, espremí o sumo de 1 limão e servi acompanhado de arroz branco.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Bolo chiffon de chocolate

Este bolo foi a sobremesa do jantar de sábado! Não era muito grande, mas não sobrou nada .... éramos 6 a jantar!!!


Ingredientes:
  • 2 chávenas mal cheias de açúcar
  • 2 chávenas de farinha
  • 3 colheres de chá de fermento
  • 1/2 chávena de chocolate em pó
  • 1/2 chávena de óleo
  • 3/4 chávena de água quente
  • 6 ovos
Para o creme:

  • 2 chávena de leite
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 2 colher de sopa bem cheia de Maizena
  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 2 colher de sobremesa de margarina

Preparação:


Junta-se, numa tigela grande, o açúcar, a farinha e o fermento.
Põe-se a batedeira a bater e junta-se aos ingredientes secos, o óleo, o chocolate desfeito na água quente e as gemas. Bate-se tudo durante 10 a 15 minutos.
Bate-se as claras em castelo e misturam-se à massa, sem bater.
Vai a cozer em forno fraco, numa forma grande ou tabuleiro, durante 40/45 min.

Depois de cozido e frio, corta-se o bolo em 2 metades e recheia-se com o creme.

Para fazer o creme:

Mistura-se tudo num tachinho e vai ao lume até ferver e engrossar.
Espalha-se imediatamente sobre o bolo.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Bifinhos de vitela com queijo

Ingredientes:


Margarina
azeite
1 colher de sopa de farinha de trigo
3 colheres de sopa de vinho do Porto seco
150 gr de cogumelos fatiados
1 pacote de natas
5dl de caldo de carne
100 gr de queijo de vaca
2 dentes de alho
12 bifinhos de vitela
sal e pimenta
rosmaninho

Preparação:

Tempere a carne com sal e pimenta e vinho e deixe marinar 2 horas.

Refogue os cogumelos com um fio de azeite e reserve.

Aqueça 25g de margarina e um fio de azeite numa frigideira. Polvilhe com a farinha e refogue mexendo até começar a alourar.

Regue com o vinho do Porto, refogue durante mais uns segundos e junte os cogumelos. Adicione em seguida as natas, o caldo de carne a ferver e o queijo cortado aos bocados. Misture e cozinhe durante 5 minutos em lume brando.

Aloure a carne numa frigideira com um pouco de margarina e 1 colher de sopa de azeite e o alho esmagado com uma faca.

Sirva a carne com o molho de cogumelos decorada com um haste de rosmaninho e acompanhe com batatas fritas.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Paella


Ingredientes:

500 gr de lombos de tamboril (de pescada tb servem)
400 gr de salmão
300 gr de lulas
12 camarões
2 cebolas
4 dentes de alho
0,5 dl de azeite
7 dl de água
350 gr de arroz
1 pimento
sal, pimenta, açafrão q.b.
salsa




Limpre o peixe e corte-o em cubos e as lulas em rodelas. Limpre o pimento de sementes, corte-o em tiras e reserve. Descasque a cebola e o alho e pique-os finamente. Refogue-os em azeite na paelheira. Junte o arroz e deixe fritar. Adicione a água a ferver e tempere com sal, pimenta e açafrão. Adicione o peixe, as lulas, o camarão e as tiras de pimento reservando algumas para a decoração. Leve ao forno por 15 min para finalizar a cozedura.
Decore com o pimento que reservou e com os camarões dispondo-os em coroa e sirva!

Ficou mesmo muito boa!!!
Deu para 6 pessoas, mas também bifinhos de vitela com queijo ....

DIETAS: Mitos e verdades

Durante a dieta, posso comer frutas à vontade.

MITO. Frutas são saudáveis e devem fazer parte do cardápio diário. Entretanto, também fornecem calorias que devem ser contabilizadas. A recomendação diária é de três porções.

Comer hidratos de carbono à noite engorda.

MITO. Engorda tanto quanto comer de dia. O que importa é a quantidade ingerida. Entretanto como, ao dormir, o gasto calórico do organismo é menor, a dica é diminuir o consumo de todos os grupos de alimentos, inclusive de hidratos de carbono.

Se não passar fome não vou emagrecer.

MITO. Passar fome ou pular refeições só atrapalha a dieta. A falta de comida e a incerteza da próxima refeição torna mais lento o metabolismo, que é a capacidade de transformar alimentos em energia. O organismo economiza nas calorias e estoca energia em forma de gordura.

Se exagerar num dia, preciso cortar calorias no dia seguinte.

VERDADE. Não é preciso se privar de eventos sociais por causa da dieta. Se jantou bem num dia, no seguinte faça refeições mais leves para compensar.

Não consigo emagrecer porque meu metabolismo é lento.

MITO. Na maioria dos casos, essa é uma desculpa para o fracasso da dieta. Só uma pequena porcentagem de pacientes têm problemas orgânicos. Voracidade alimentar, sedentarismo e uso de medicações antidepressivas são as causas mais frequentes da obesidade. A dificuldade não está no organismo emagrecer, mas em mudar hábitos, fazer o que é preciso para emagrecer. São coisas diferentes.

Eu como pouco, mas não consigo emagrecer.

MITO. A não ser em raros casos de distúrbios, a pessoa não emagrece quando ingere mais calorias do que gasta. Às vezes, o problema não está na quantidade de comida ingerida, mas na quantidade de calorias da comida colocada no prato.

Fazer musculação engorda.

MITO. O que engorda é a combinação de sedentarismo e ingestão excessiva de calorias. Esse mito existe porque exercícios de musculação também podem aumentar a musculatura, dependendo do objetivo. Entretanto, com a prescrição de treino adequada, a musculação ajuda no emagrecimento, com redução de gordura e medidas e aumento de massa muscular magra.



Fontes: nutricionista Gisele Pavin, professor de Educação Física Rafael Tomasini e endocrinologista Fernando Kuhn.
Texto retirado da net.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Garoupa assada no forno


Ingredientes:
  • 1 garoupa (esta tinha cerca de 1,2 kgs)
  • sal
  • azeite
  • 1 cebola
  • vinagre de vinho branco
  • 3 dentes de alho
  • salsa
  • presunto
  • sumo de 1 laranja e meio limão
Temperei-a com alho e sal grosso e coloquei num tabuleiro untado com azeite virgem.
Misturei 1 cebola média picada com 1 raminho de salsa também picado e cobri a garoupa. Adicionei 2 colheres de sopa de vinagre de vinho branco a 1 dl de água e reguei-a. Espalhei por cima 1 fio de azeite virgem. Cobri a garoupa com finas fatias de presunto de porco preto e levei a assar em forno previamente aquecido a 200 graus centígrados.

30 minutos depois, reguei a garoupa com o sumo de 1 laranja e de 1/2 limão.

Ao fim de mais 15 minutos, retirei-a do forno e servi-a acompanhada de batatas e couve-flor cozidas.

Pão com chouriço

Hoje resolví fazer um pão com chouriço para o lanche!

Fiz um do livro de receitas da minha máquina de fazer pão:

  • 280 ml de água morna
  • 495 grs de farinha (eu misturei farinha branca com farinha de pão rústico)
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1/2 chouriço

Misturei a farinha com a água morna que já tinha sal e azeite e liguei no programa de pão integral.

Assim que a máquina apitou, acrescentei o chouriço e fechei. Qdo começou a levedar, retirei a massa da máquina, metí na forma de bolo inglês e depois deixei a levedar já no forno mas deligado.

Passados 45 min a massa estava bem alta, então liguei o forno a 220º e deixei cozer o pão por cerca de 30 min.

Não conseguí tirar fotografias ao pão inteiro pq a máquina fotográfica estava sem bateria, qdo carregou o pão já estava a meio, mas ficou assim:










sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Doce de chocolate com natas e amêndoas




Ingredientes:

  • 1 pacote de bolachas Maria


Creme branco
  • 4 gemas
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de leite (medida na lata de leite condensado)
  • 1 colher chá de baunilha
Modo de fazer :


Misture bem todos os ingredientes num tacho com o fogo desligado, assim que tudo estiver bem misturado ligue o fogo e espere engrossar, desligue e coloque num pirex, cubra com bolachas Maria.

Creme de chocolate

  •  1 lata e meia de leite (medida na lata de leite condensado)
  • 2 colheres de sopa bem cheias de maizena
  • 3 colheres bem cheias de chocolate ou cacau puro sem açúcar
  • 4 colheres cheias de açúcar (não uso muito açúcar porque gosto que o creme de chocolate fique meio amargo, portanto, prove e se fôr o caso adicione mais um pouco)
  • 1 xícara de amêndoas laminadas ou em pedaços - reserve um pouco para colocar na cobertura
Modo de fazer :


Este creme é feito de modo igual ao anterior: misture tudo bem e só depois leve ao lume. Assim que engrossar desligue, misture as amêndoas e coloque sobre as bolachas.

Ponha outra camada de bolacha sobre este creme.

Creme da cobertura

  • 1 pacote de natas
  • 6 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro (passe o açucar normal na bimby que obtém o de confeiteiro)
Modo de fazer:

Bater as natas e aos poucos adicione o açúcar, prove para ver se precisa de mais açucar, conforme o seu gosto.

Deite esta última camada por cima das outras e salpique com as amêndoas.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Strogonoff de perú


Ingredientes:


• 3 a 4 bifes de perú
•1 pacote de natas (ou creme de soja)
•sal e pimenta q.b.
•3 dentes de alho
•1 lata de cogumelos
•vinho branco
•azeite
•1 colher de chá de mostarda
•molho inglês;

Corte os bifes de perú em tiras com cerca de 1 cm de largura e 4 de comprimento e tempere com sal, pimenta e alho picado.

Refogue depois a carne numa frigideira com um fio de azeite. Junte-lhe os cogumelos laminados e deixe cozinhar. Quando a carne estiver tenra adicione um pouco de vinho branco (cerca de meio copo) e deixe apurar.

Adicione as natas e quando estiverem a ferver adicione a mostarda e o molho inglês. Misture bem, retifique os temperos e tire do lume.

Servir com arroz branco, massa ou legumes cozidos.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Tagliatelle á carbonara

Tagliatelle á carbonara para 4 pessoas.




Ingredientes:

12 novelos de tagliatelle
1 pacote de natas (eu uso creme de soja)
200 g de bacon
100 g de cubos de fiambre
4 colheres de chá de queijo parmesão ralado
4 colheres de sopa de azeite
1 dente de alho, esmagado
Sal q.b.
Noz moscada q.b.
Orégãos em abundância

Preparação:

Coza o tagliatelle em água abundante com sal. Corte o bacon e o fiambre em cubos pequenos e leve a alourar numa frigideira com o azeite e o alho. Numa taça bata as natas com o queijo parmesão, noz-moscada e uma colher de chá de orégãos.

Escorra o tagliatelle, cozido al dente, para uma taça de vidro. Deite o molho por cima e mexa. O calor da massa vai emcorpar o molho e  derreter muito levemente o queijo. Deite o bacon com o azeite por cima da massa e remexa. Para finalizar, polvilhe com mais orégãos e perfume com raspas de noz-moscada.

Sirva de imediato.

PS: Faltaram os cogumelos, mas não tinha na despensa!!!

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Croquetes de carne


Ingredientes:


500 g de carne picada (depois de estufada)
100 g de margarina
150 g de farinha
3 ovos
½ l de caldo (aprox.)
1 cebola
3 dentes de alho
1 folha de louro
noz-moscada
pimenta
sumo de limão
ovo, pão ralado e óleo para fritar

Preparação:

Faz-se um refogado com uma cebolinha picada, três dentes de alho picados e a folha de louro. Quando a cebola alourar, junta-se a farinha a pouco e pouco. Mexendo bem, junta-se depois o caldo de carne. Põe-se a carne picada, noz-moscada, pimenta e sumo de limão.

Quando estiver tudo bem ligado, retira-se do lume; passado um pouco juntam-se os 3 ovos inteiros bem batidos. Volta ao lume e mexe-se bem.

Deixa-se arrefecer a massa, depois fazem-se os croquetes, passam-se por ovo, pão ralado e fritam-se em óleo bem quente.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Frango á biryane com caril de côco

Ingredientes:

1 frango
1 cebola
3 dentes de alho
1 colher de byriane curry (comprei no Jumbo)
1 pitada de pimenta
côco em pó
1 chávena de vinho branco
azeite q.b.
1 pitada de sal

Refoga-se a cebola e o alho picados num pouco de azeite e qdo estiver alourado adiciona-se o frango cortado aos bocados, a pimenta, o sal, 1 colher de chá do byriane curry e o vinho. Tapa-se e deixa-se o frango cozinhar por 15 min. Se fôr preciso acrescenta-se 1 chávena de água morna.
Deita-se o côco, mexendo bem para não formar bolas e deixa-se ferver.
Qdo o frango estiver cozido, já está pronto!

PS: Fiz com o frango assado que me sobrou de sábado. Não deu muito mas foi o suficiente para o nosso jantar de hoje!!!

domingo, 17 de janeiro de 2010

Nutrition for a better life - Nutrição para uma vida melhor!

Pedido

Olá!

Gostava muito que as meninas brasileiras me ensinassem a fazer bobó de camarão, que tanto oiço falar!!!!

Aqui fica o meu pedido!!!

Desde já Obrigada e bom fim de semana!

Beijokas fofas.

sábado, 16 de janeiro de 2010

Cardiologista manda a minha mãe ao cardiologista!!!

Na semana passada estive nas urgências do hospital de VFXira com a minha mãe.


Após vários exames e depois de ser vista pelo cardiologista de serviço, teve alta com a indicação de ir a um cardiologista urgentemente.

É irónico um cardiologista mandar uma doente ao cardiologista!!!!!

Enfim.... conseguímos uma consulta particular para ontem á tarde no Hospital da CUF Infante Santo.

Este cardiologista que é um médico digno da sua profissão, viu a minha mãe, mandou repetir exames (que foram feitos na hora) e o diagnóstico foi que ela teve UMA EMBOLIA PULMONAR na semana passada e que não foi desta para melhor por muita sorte!!!

Ela bem se queixava com fortes dores de cabeça e no peito, estava com os pés muito inchados e com um braço dormente.

Bem, agora que ela está bem medicada, resta-me perguntar o que é que o "cardiologista" do hospital de VFXira está lá a fazer????

Pagamos impostos para quê?

Não gosto das políticas que o nosso país está a seguir, mas acabo por ter de concordar com o governo em relação aos médicos!

Somos muito mal atendidos no serviço público e tivémos de ir pagar 95€ numa consulta particular para sermos bem atendidos!!!!

Ou seja, os médicos estão nos hopitais públicos para fazer número pq depois vão ganhar o bom e o belo no particular!!!!!

Claro que não saímos da cauda da Europa, com este tipo de comportamento!

Coelho no forno

Ingredientes:
1 kg de coelho
1 limão (sumo)
4 dentes de alho
2 folhas de louro
1 dl de azeite
1 dl de vinho branco
1 talo de alho francês
300 grs de cenouras
1 curgete
0,5 dl de molho de soja
sal, pimentão doce e pimenta q.b.

Corta-se o coelho aos pedaços e tempera-se com sal, pimenta, pimentão doce, sumo de limão e louro. Eu como faço massa de alho, uso 3 colheres e já não acrescento sal, e deixa-se marinar umas horas. Geralmente tempero ao almoço para fazer ao jantar, ou se fôr para o almoço, tempero de manhã cedo antes de tomar o pequeno almoço!

Num pirex de ir ao forno, corta-se as cebolas em rodelas fininhas, dispõe-se por cima do coelho e rega-se com um pouco de azeite. Vai ao forno a 180º durante 30 min até começar a alourar.

Entretanto corta-se as cenouras, a curgete e o alho francês em fatias fininhas e refoga-se com o azeite restante, temperando com sal e pimenta.

Deita-se o refogado por cima do coelho e acrescenta-se o molho de soja. Deixe assar mais uns 10 min.

Servir quente a acompanhar com os cogumelos á grega!

Cogumelos á grega

Sou casada com um grego (descendente de gregos e portugueses). Apesar de não saber muito sobre a cozinha grega pq a minha sogra era portugesa, de vez em quando pesquiso umas coisas e aventuro-me a fazer:

Ingredientes
150 gr de cogumelos
2 ou 3 tomates bem maduros (depende do tamanho)
1 copo de vinho branco seco
1 copo de água
1 ramo de cheiros
1 cebola com 2 cravinhos espetados
1 folha de hortelá fresca
1 limão
caril q.b.
estragão e cerefólio picados

Numa caçarola ferver em lume brando, por 20 min com tampa, o vinho, a água, o tomate, o ramo de cheiros, a cebola com os cravinhos espetados, metade do limão com casca e a folha de hortelã.
depois de ferver, tirar os cravinhos, o ramo de cheiros, a hortelã e o limão e passar este molho com uma varinha mágica e deixar ferver mais um pouco. Deitar os cogumelos cortados ao meio, acrescentar a pimenta e o caril e deixar cozinhar mais 10 minutos.
Depois de arrefecer servir com um picado de estragão e cerefólio.

Nota:Há outros legumes que podem ser preparados á grega como por exemplo, alcachofras novinhas, pepino, funcho, cebolinho.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Tostas mediterrânicas

Uma boa ideia para um lanche!
Ingredientes:
  • 100 gr de tomate-cereja pequeno
  • 1 dente de alho
  • 1 cebola média
  • 1 pimento pequeno
  • 1/2 curgete
  • 1/2 pepino
  • 1 colher de sobremesa de vinagre de vinho branco
  • 3 a 4 folhas de manjericão ou alface
  • 4 fatias de pão saloio
  • 1 pitada de sal
Lava-se os tomates-cereja, o pimento (retirando as sementes e as películas brancas), a curgete e corta-se aos quadrados e coloca-se numa tigela. Descasca-se o alho e a cebola e pica-se finamente e junte ao preparado. Lava-se o pepino, retirando a maior parte da casca ao pepino, pica-se em quadrados pequenos e adiciona-se ao preparado. Tempera-se com sal, um fio de azeite e o vinagre Acrescente a folha de manjericão finamente cortada, ou a alface partida em bocados pequenos. Mistura-se tudo muito bem.
Torra-se levemente as fatias de pão. Coloca-se em pratos e por cima distribui-se a salada!
Também serve para uma entrada antes da refeição, com tostas mais pequenas!!!

Fica uma delícia, que uma só não nos chega!!!

Decisões para o Ano Novo

"Um bom pequeno almoço, mais peixe, menos carne, praticar exercício físico....!

Começar bem o dia, com um bom pequeno almoço:

Estudos científicos demontram que a sua omissão contribui para o excesso de peso. Se não tem apetite ao levantar, habitue-se aos poucos... Comece pelo chá de hipericão do Gerês, pois é muito digestivo. Acrescente a fruta, os lacticínios e os farináceos ...
Verá como gradualmente esta refeição lhe dará muito mais prazer!

Apostar nas sopas e saladas:



Faça delas as suas entradas favoritas!
Seja criativa: tempere-as com um fio de azeite, redescubra ervas aromáticas e experimente especiarias!!

Mais peixe, menos carne:

Diminua a quantidade de carne no prato e conceda espaço às leguminosas (feijão, grão, ervilhas...) ricas em proteínas mas com menos gorduras. Prefira o peixe: além de mais magro, a sua gordura insaturada é mais saudável Grelhe o mais gordo, coza e tempere com azeite e alho o mais magro.

Beber água ou chá de ervas sem açucar:



Durante todo o dia não perca de vista uma garrafa de água ou uma caneca de chá de ervas. Á refeição, para quem não tem contra-indicações e aprecia, meio copo de vinho tinto (150 ml) para nós mulheres e um copo para os homens, sempre antecedido de um gole de água.

Planear refeições intermédias:

Se tem dificuldade em disciplinar-se para comer de 3 em 3 horas, leve de casa pequenos snacks saudáveis: um punhados de frutos secos, um iogurte, uma peça de fruta ou uma fatia de pão de centeio. Acabe o dia com uma refeição ligeira ... um chá, um copo de leite!

Fazer exercício físico:

Pelo menos 30 minutos seguidos por dia (eu estou a tentar....).
Prefira as escadas ao elevador; saia uma paragem antes do destino ou estacione o carro mais longe .... (isto já eu faço e ando 10 minutos a pé até ao meu local de trabalho)
Todos os motivos são bons para nos mexermos!!!

Fonte: Livro de receitas Mediterrânicas Pingo Doce. Imagens retiradas da net.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Doces de leite (receita indiana)

Ingredientes:
  • 2 l de leite
  • 1 kg de açúcar
  • 10 cardamomos
  • 2 paus de canela
  • 2 cravinhos de cabeça
Prepare assim:

• Coloque o leite, os cravinhos, o cardamomo e os paus de canela numa panela e leve ao lume brando,

• Mexa e acrescente o açúcar aos poucos,

• Quando levantar fervura e aparecer o fundo da panela, retire do fogo e continue mexendo;

• Quando estiver consistente, espalhe a massa numa banca de pedra mármore ou granito até ter 1 cm de espessure e deixe arrefecer;
• Quando a massa estiver boa para cortar, faça quadrados do doce de leite e está pronto!!!!

Fiz no Natal, apesar de ser muito calórica, a criançada adora!

Peço desculpas por não colocar fotos mas ainda ando ás voltas com o watermark...lolol

Franguinho com vinho ao molho Madeira

Quero esclarecer que cá em casa come-se sal, mas muito pouco. Aprendí a cozinhar sem sal há 4 anos quando o meu marido apresentou um quadro clínico de hipertensão após a morte da minha sogra.
Nessa altura foi-lhe completamente proíbido o sal e andou a fazer medicação para o coração e para a hipertensão. (Ele abusava de sal e piri-piri na comida)
Hoje já pode comer sal, mas muito pouco, mas volta e meia faço este pratos e ele já não reclama pq ficam mesmo saborosos.

Ingredientes:
  • 1 franguinho novo
  • 2 nozes de manteiga
  • 1/2 colher de farinha
  • 0,25 lt de vinho tinto
  • vinagre de estragão
  • 3 dentes de alho
  • 1 echalota
  • 1 raminho de cheiros
  • pimenta
  • cogumelos q.b.
  • 1 fatia de 0,5cm de fiambre de frango não fumado
Alourar o franguinho cortado aos bocados na manteiga e enfarinhar. Deitar o vinho tinto e um fio de vinagre de estragão, juntar o raminho de cheiros, o alho e a echalota picados. Mexer e acrescentar uma pitada de pimenta.
Deixar apurar por meia hora aproximadamente em lume brando. Juntar os cogumelos e o fiambre cortado aos quadrados e deixar apurar mais 5 min.
Servir com arroz ou batata assada e acompanhar com molho Madeira.

Boa cozinha sem sal: Molho Madeira

Ingredientes:
  • 2 nozes de manteiga
  • 1 colher de echalota (ou cebola) picada
  • 1/2 colher de farinha
  • 1 copo de caldo sem sal
  • noz moscada
  • pimenta
  • 2 colheres de vinho Madeira
Derreter numa caçarola a manteiga e a echalota picada.
ligar com a farinha e aumentar o caldo. Acrescentar pimenta e noz moscada e deixar cozer em lume brando por meia hora. Passar e deitar o vinho Madeira. Deixar ferver mais 10 min sempre em lume brando destapado.
Se não tiverem caldo sem sal podem água aromatizada de vonho branco seco, um ramo de cheiros (coentros, salsa ou tomilho) e uma cebola com um cravinho espetado.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Cupcake ou bolo da caneca

A Laura é especialista em fazer este bolo e por mais que se lhe diga que não pode ser todos os dia para não engordar, ela responde sempre que "um dia não são dias"!!!!

lololol


Ingredientes:
  • 3 colheres de açucar
  • 1 ovo
  • 5 colheres de farinha
  • 3 colheres de óleo
  • raspa de laranja
  • 3 colheres de sumo de laranja
Numa caneca, deita-se o açucar, o ovo e o óleo e bate-se bem com um garfo, depois acrescenta-se a farinha e bate-se novamente. Por fim acrescenta-se o sumo de laranja e as raspas e envolve-se tudo muito bem.
Vai ao microondas por 3 minutos e já está!!!

No bolo de laranja, podemos fazer vários furos com um palito e deitar sumo de laranja por cima para embeber.

Bolo de chocolate:
É igual mas em vez de sumo de laranja usa-se leite, raspas de limão e 3 colheres de chocolate em pó!

É um lanche rápido de se fazer, a Laura tem 12 anos e faz com muita frequência, mas é calórico para se comer todos os dias!!!!

Cozinha sem sal: tipos de cozedura mais recomendados - grelhados

Grelhados

É a melhor maneira de cozinhar sem sal, carnes e peixes pouco espessos. A peça  grelhar deve ser untada dos dois lados e o grelhador aquecido ao máximo. O calor deve ser forte e a peça a grelhar voltada apenas 1 vez. Os grelhados na brasa incandescente são certamente os melhores e mais saborosos. Tempere com alho pisado, um raminho de tomilho e de louro, e salsa ou, coentros, ou funcho ou alecrim conforme o gosto.

A carne do talho - boi, carneiro - pode ser preferida em sangue, isto é mal passada dos 2 lados (5 min de cozedura para 1 bife de 200 grs) ou bem passada (8 min).

As carnes brancas - vitela, porco e aves, e o peixe devem ficar bem passados. Servir os grelhados com legumes salteados em azeite e alho ou com uma boa salada temperada com 1 dente de alho picado, azeite e vinagre balsâmico é um óptima opção!

Boa cozinha sem sal: O SAL

O sal de cozinha é um composto químico formado por cloreto e sódio, sendo que este último apresenta uma função básica na etiologia e manutenção da hipertensão, demonstrada há muitos anos.

A prevalência da hipertensão arterial é 2 vezes maior em indivíduos com excesso de peso do que em pessoas com peso normal, elevando-se a incidência para 50% entre os 40 e os 60 anos.

É importante ressaltar que o controlo de sódio no regime alimentar, também é necessário em certas doenças, tais como: nefrites, doenças cardiovasculares ou renais, edemas ou retenção de líquidos no decorrer da gravidez.

No mundo moderno, o hábito do consumo de alimentos excessivamente salgados é cada vez maior, iniciando-se na primeira infância e perdurando por toda a vida.

O sódio é hoje usado em numerosos produtos consumidos pelo Homem pois está presente na maioria dos aditivos químicos utilizados em muitos alimentos como por exemplo congelados, bebidas gaseificadas, fast-food, enlatados e produtos industrializados.

E há mais: o gado é tratado com sal e hormonas (que retêm o sal) para ganhar peso e aumentar a produção de leite, o mesmo acontecendo com a carne de frango e os ovos já que as rações são salgadas. Também o pão que se come diáriamente já contém uma razoável quantidade desse composto.

Não há dúvida de que, à medida que aumenta a industrialização dos alimentos, cresce o consumo de sal. Esta quantidade invisível e proibitiva de cloreto de sódio não é percebida pelo paladar das pessoas, que salgam ainda mais a comida, o que, na opinião de alguns pesquisadores, pode explicar o aumento de casos de hipertensão arterial que ocorre cada vez mais nos países civilizados e a pessoas cada vez mais jovens.

Nos tempos modernos, para manter uma boa qualidade de vida é preciso zelar pela saúde, e é por isso que daqui para a frente irei publicar algumas receitas temperadas com várias ervas e especiarias que substituem o sal na integra, sem contudo alterar o seu sabor.

O que é preciso é dar azo à sua imaginação!!!

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Pica-pau de perú

Ingredientes:
  • 800 gr de bifes de perú
  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de chá de colorau
  • 1 pitada de cominhos
  • 2 dl de vinho branco
  • 1 cebola
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 noz de manteiga
  • 1 lombardo
  • 1 cenoura
  • sal, pimenta qb
  • azeite, vinagre e picles qb
Corte a carne ás tiras e tempere-as com sal, pimenta, os alhos picados ou esmagados, o colorau, os cominhos e o vinho branco. Deixe marinar durante 2 horas (eu tempero ao almoço para fazer ao jantar, por exemplo.)
Refogue a cebola picada na manteiga e azeite durante cerca de 3 min. Junte a carne sem a marinada e deixe fritar. Aos poucos acrescente a marinada para não queimar e deixe cozinhar a carne. Retire e reserve. Coza o lombardo e a cenoura cortados em Juliana em água temperada de sal (só um entalão, não precisa cozer muito).
Escorra e tempere bem com azeite. vinagre e picles e misture com a carne.

Nota: Eu pessoalmente uso vinagre balsâmico ou sumo de limão.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Polvo estufado com batata doce

Ingredientes:
  • 1 kg de polvo
  • 1 folha de louro
  • 1 cebola
  • 1 malagueta
  • 1 dl de azeite
  • 3 dentes de alho
  • 4 fatias de presunto
  • 4 batatas doce
  • 2 cenouras
  • 5 dl de água quente
  • 1 molho de espinafres
  • 1 raminho de salsa
  • sal
  • pimenta
Coloca-se o polvo na panela de pressão coberto com água e temperado com sal e pimenta, louro, a cebola inteira e a malagueta e leva-se ao lume a cozer por 30 min.
Depois de cozido, reserva-se 2 dl do caldo da cozedura.
Corta-se o polvo em pedaços.
Aquece-se o azeite em lume brando e frita-se o alho picado e as fatias de presunto. Acrescenta-se a batata doce e as cenouras descascadas e cortadas aos pedaços. Rega-se com a água do caldo e deixa-se cozinhar por cerca de 15 min. depois junta-se o polvo e as folhas de espinafre lavadas e deixa-se cozinhar por mais 5 min. No final rectifica-se os temperos e adiciona-se a salsa picada já com o lume apagado.

Dica: Pode-se tb cozer o polvo, cortálo aos pedaços e reservar. Cozer depois os legumes no caldo e servi-los salteados em azeite com 2 dentes de alho picado e 50 grs de presunto picado.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Aletria á minha moda

Descendo de uma miscelânia de raças entre as quais indiana.
Aletria é um prato de que gostamos muito e aprendí a fazer com a minha mãe:

  • 300 grs de aletria
  • 4 cascas de limão
  • 300 grs de açúcar
  • 0,6 lt de água
  • 0,6 lt de leite
  • 4 cardamomos
  • 2 paus de canela
  • 1 pacote de chá preto
  • 1 pacote de uvas passas


Confecção:

Ferva a água com pacote de chá.
Leve ao lume o leite, o chá, a canela em pau, os cardamomos, o açúcar e o limão. Quando tudo começar a ferver, junte a massa e, quando esta estiver devidamente cozida, acrescente as uvas passas.
Deite numa taça grande e funda para arrefecer. Quem gosta de canela em pó, deita por cima,  mas eu prefiro cozer com os paus de canela e comer assim!
Com este friozinho, sabe mesmo bem ainda morna!!!

NOTA: Esta receita dá para 4 pessoas.

sábado, 9 de janeiro de 2010

Veja as novidades Aqui!

Chamuças

No Natal fiz chamuças para a época que se avizinhava, mas tb para ter no congelador, pq de vez em quando sabe-nos bem!

Não é fácil explicar como se fazem pq têm uma técnica complicada, só mesmo vendo fazer é que se aprende.

O recheio é fácil, mas eu tenho de fazer novamente para vos poder dar as quantidades exactas pq eu faço a olho e vou provando.

Enrolar a massa é que não sei como explicar, mas vou pensar num modo de me exprimir.

Entretanto, fica aqui a foto:



Ficaram mesmo boas!!!!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Bacalhau gratinado com arroz

4 postas de bacalhau já demolhadas
1 pacote de natas
1 requeijão
Azeitonas pretas
2 cebolas
2 dentes de alho
um pouco de alho-porro (apenas a parte branca)
Queijo ralado
1 medida de arroz
50 gr de manteiga

Escalde o bacalhau, limpe-o de peles e espinhas e lasque-o.

Refogue o bacalhau no azeite extra-virgem, junto com a cebola cortada em rodelas fininhas, os dentes de alho picados e o alho-porro. Adicione as azeitonas picadas, o requeijão e  por ultimo as natas. Apague o fogo.
´
Leve ao lume a água de escaldar o bacalhau na proporção de 2 medidas de água para 1 de arroz, junte 50 gr de margarina e 1 cebola pequena aberta ao meio.Rectifique os temperos e qdo levantar fervura adicione o arroz.

Tape e deixe cozinhar por 15 min em lume brando. No final, verifique se o arroz está cozido, retire a cebola e reserve.

Monte o prato pondo o bacalhau em camadas alternadas com o arroz. Finalize com o queijo ralado e leve a gratinar ao forno.




Acompanhe com uma salada!

Foi o nosso jantar de ontem.....

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Dicas: fruta

A FRUTA É UMA FONTE DE VITAMINAS, SAIS MINERAIS E FIBRAS.

Compre-a fresca e não muito madura, aprendendo a reconhecer o seu estado pela cor brilhante e intensa da casca que deverá também apresentar-se intacta e sem manchas ou zonas pisadas.

Um cuidado que nunca se deve esquecer é o de remover imediatamente qualquer peça de fruta já tocada, porque através do seu contacto, a restante fruta apodrecerá rapidamente.

A fruta pode ser consumida cozida, em puré, seca, em conserva e em compota, mas é crua que as suas propriedades e o seu aroma se manifestam em todo o seu esplendor!

E a natureza encarregou-se de pôr à sua disposição uma enorme variedade de espécies, que se renovam com o ciclo das estações do ano.

ALGUMAS DICAS:

  • Para obter o máximo de sumo possível de uma laranja ou limão, mergulhe-os em água quente durante alguns minutos antes de os espremer.

  • Ao escolher as laranjas, se quiser "adivinhar" quais são as mais doces, escolha as que têm o umbigo maior,

  • Para evitar que as nozes se partam em fragmentos demasiado pequenos, deixe-as uma noite no congelador e depois quebre-lhes a casca enquanto estão geladas,

  • As passas de uva ficarão mais macias se as deixar durante 5 min numa rede sobre vapor de água a ferver,

  • Para as frutas cristalizadas não se depositarem no fundo de uma massa de bolo, pique-as, deixe-as sobre vapor de água, depois enxugue-as e envolva-as em farinha.

  • Para ter a garantia de que os morangos ficam bem lavados e desinfectados, depois de os lavar, mergulhe-os em água acidulada com vinagre ou sumo de limão,

  • Não inutilize um limão, se precisa apenas de algumas gotas de sumo. Faça-lhe um furinho e esprema a quantidade desejada. Depois conserve-o no frigorífico embrulhado em pilícula aderente,

  • Para acelerar o processo de amadurecimento das pêras, embrulhe-as em papel de seda ou jornal e coloque-as num local escuro e arejado,

  • A pele do pessego sairá com mais facilidade se o escaldar com água a ferver e o passar imediatamente por água fria,

  • Para evitar que as maçãs oxidem rapidamente, depois de cortadas regue-as com sumo de limão ou de laranja!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Pão de pirex



Ingredientes
175 gr de agua
20 gr de azeite
15 gr de fermento de padeiro fresco
300 gr de farinha (se durante o amassado for necessario mais, junta-se + um pouco)
1 colher de café de sal

Preparação

Colocar no copo da bimby, a água, o azeite e o fermento de padeiro, programar 2min, 37º, vel 2. De seguida adicionar a farinha, o sal e programar 10s, vel 6 e depois 2min vel. espiga.

Enquanto está a amassar verificar através do bucal se a massa está descolada das paredes do copo, se não está (nem todas as farinhas absorvem os mesmos liquidos) juntamos pouco a pouco mais farinha até a massa começar a descolar das paredes do copo.
Enfarinhamos as mãos, retiramos a massa e passamos para um local enfarinhado, damos a forma à massa e pomos dentro de um pirex c/tampa, previamente pincelado c/azeite e fazemos uns cortes rápidos, pincelamos c/azeite e polvilhamos c/farinha.

Levar ao forno em frio a 220º durante uns 40 a 50m, até que o mesmo esteja dourado.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Queijo fresco ou requeijão

À terceira tentativa, o queijinho fresco ficou quase P-E-R-F-E-I-T-O!!
A receita original está no forum bimby:




Ingredientes:
1 litro LEITE GORDO FRESCO DO DIA
120 gr. leite gordo em pó
20 gotas de coalho líquido
1 colher de chá de sal

Preparação na bimby:

Colocar o leite líquido e o em pó no copo, misturar 10 Seg., Vel. 4.

Em seguida, programar 5 Min., Temp. 37°, Vel. 2.

Colocar 20 gotas de coalho líquido e misturar 2 Min., Vel. Colher (mexer suave).

Deixa-se arrefecer à temperatura ambiente, sem mexer (cerca de 1 ½ hora)

Passado este tempo dão-se uns cortes para que o soro se solte melhor e deixa-se descansar mais 1 hora.

Depois verte-se para um passador de rede fina para que saia todo o soro.

Mexe-se com a ajuda de uma colher para que todo o soro saia para a taça em baixo.

Passa-se o queijo para o cesto

Por baixo coloquei papel de cozinha para ir ensopando o soro.

Vai-se apertando aos poucos para que tome a forma do cesto e deixa-se um par de horas para que todo o soro saia lentamente.

Também fiz Requeijão, mas só consegui um pedacinho tão pequenino que não tive tempo de tirar foto...

Coloca-se o soro que saiu da 'pasta' anterior num tacho a ferver durante alguns minutos.

Com a ajuda de uma espumadeira vai-se retirando o requeijão que vem acima e coloca-se num cestinho (eu meti-o num papel vegetal).

Nota pessoal: as duas tentativas anteriores tinham sido com coalho em pó e não resultaram nada bem. Com o coalho liquido ficaram muito bons!

Já posso voltar a tentar.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Pudim de ovos na bimby

Ingredientes:
  • 1 lata de leite condensado cozido
  • 6 dl de leite fresco
  • 6 ovos
  • raspas de limão ou laranja
  • 1 colher de sopa de maizena
  • 1 pinga de vinho do porto


Deitar as raspas de casca de limão no copo da bimby e os ovos  1 min.  vel. 4


Juntar a maizena ao leite fresco e bater 1 min. vel. 4. Acrescentar o leite condensado e bater mais 3 min. vel. 4.

Acescentar o vinho do porto e bater mais 1 min vel. 4.

(No modo tradicional, deitar os ingredientes todos na taça da batedeira e bater por 20 min)
Deitar o preparado numa forma caramelizada e levar a forno préviamente aquecido durante 40 min aproximadamente, ou levar ao lume em banho Maria por 40 min (conta-se assim que a água começa a ferver).

Deixar arrefecer completamente na forma e só depois desenformar.

Nota: quando cozo em banho Maria, tapo a forma com papel de alumínio para não entrar água!

domingo, 3 de janeiro de 2010

Empadas de galinha

Sobrou-me frango assado da passagem de ano. Por vezes faço caril de frango com côco, mas como desta vez sobrou pouco frango, resolví fazer empadas de galinha, que já não fazia a algum tempo e que todos adoram cá em casa. Além disso é um pretexto para ligar o forno e aquecer mais a casa.....lolololol


Ingredientes para 12 unidades

Massa

- 500 g de farinha
- 1 ovo batido

Recheio

- 1 galinha* pequena cortada em pedaços
- 1/2 chouriço de carne
- 100 g de bacon
- 1 cebola descascada
- 2 dentes de alho descascados
- 1 raminho de salsa
- 4 dl de água
- 1 dl de vinho branco
- sal & pimenta q.b.
- 2 cravinhos
- 1 colher (sopa) de azeite
- 1 dl de vinagre
- margarina
- 1 ovo batido

* ou 1 frango do campo

Preparação

Colocar os pedaços de galinha numa panela, juntamente com o chouriço, o bacon, a cebola inteira, os dentes de alho e a salsa. Cobrir com a água e o vinho branco. Temperar com o azeite, o vinagre, os cravinhos, sal e pimenta.

Levar a cozer por 50-60 minutos (ou menos, se for numa panela de pressão ou neste caso que o frango já estava assado). Escorrer, reservando o caldo. Reservar os sólidos e filtrar o caldo.

Preparar a massa : amassar a farinha com o ovo batido. Juntar pequenas quantidades de caldo, aos poucos, sem parar de amassar, até obter uma massa lisa e elástica. Fazer uma bola com a massa e deixar repousar por 20 minutos.

Remover os ossos e a pele da galinha. Desfiar a carne e reservar. Remover a pele do chouriço e cortá-lo em pedaços. Picar os pedaços de chouriço juntamente com o bacon, a cebola, os dentes de alho e a salsa. Misturar o preparado com a galinha desfiada e reservar.

Pré-aquecer o forno a 190ºC.

Com o auxílio de um rolo, estender a massa na bancada polvilhada com farinha. Recortar 12 discos médios e 12 discos mais pequenos na massa. Forrar forminhas untadas com margarina com os discos maiores.

Rechear com o preparado anterior e cobrir com os discos mais pequenos, pressionando bem com a ponta dos dedos para soldar as empadas. Confeccionar trancinhas com as aparas de massa para decorar as empadas. Pincelar a superfície com ovo batido e levar a cozer no forno por 40 minutos, a 190ºC.





Deixar amornar e desenformar. Servir as empadas mornas ou frias.

sábado, 2 de janeiro de 2010

Bolo mármore







Ingredientes
5 ovos
150 grs de açucar
120 grs de óleo
300 grs de farinha com fermento
75grs de chocolate em pó
1 cl chá de fermento royal em pó
2 dl leite meio gordo


Preparação

Separar as claras da gemas e bater as claras em castelo na vel.3 temp 37º durante 1 min.

Reservar

Bater as gemas com o açucar durante 6 min, vel. 3 temp 37º, tirar a temperatura. Juntar o óleo e bater mais 6 min vel.3

Programe 4 min vel.3 e vá adicionando lentamente a farinha misturada com o fermento e o leite.

Separe metade da massa e adicione o chocolate em pó mexendo uns segundos na vel.3

Divida as claras em castelo e 2 porções iguais e adicione ás 2 massas envolvendo ligeiramente com uma colher.

Unte um forma com óleo e farinha e deite as 2 massas alternadamente.

Levar a cozer em forno pré-aquecido a 150º por mais ou menos 50 min. Verifique com um palito se o bolo está cozido.

Fica óptimo!!!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

FELIZ ANO NOVO DE 2010

FELIZ ANO NOVO!!!




Ontem fiz camarões fritos, mas nem deu para tirar uma foto, de qualquer modo não irão faltar oportunidades!

Este ano, ao contrário dos outros e devido ao que me aconteceu, não recebí cá em casa pais, irmãos, cunhadas, sobrinhos enfim aquelas quarenta e tal pessoas do costume!

Passámos o ano cá em casa, na companhia da minha cunhada - irmã do meu marido, do meu sobrinho e de um casal de primos dele com a filhota!

Foi muito bom, apesar de todos falarem ao mesmo tempo (o que já é normal nesta família) e de o meu marido não ter conseguido abrir a garrafa de champanhe a tempo, mas brindámos á mesma ao ano novo, mesmo com uns segundos de atraso!

Hoje o almoço foi perú assado no forno e ainda alguns camarões!!!

Só me resta desejar-vos mais uma vez um ÓPTIMO Ano Novo!!!


Tchim....tchim!!!!!
Obrigada pela visita!
Deixe um comentário com a sua opinião!
Related Posts with Thumbnails