Ofereço cartões OPTIMUS TAG.
Contacta-me!!

juliaafferreira@gmail.com

VISITE OS MEUS OUTROS BLOGS:

http://www.as-minhas-bugigangas.blogspot.com/










Compre aqui os seus electrodomésticos:

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Camarões com beringelas

Ingredientes:
  • 2 beringelas grandes
  • 1 cebola
  • polpa de tomate q.b.
  • 1 kg de camarão médio
  • côco em pó (uma mão cheia)
  • azeite
  • sal
  • água

Preparação


Descascam-se as beringelas e partem-se em rodelas de ½ centímetro de espessura, e salgam-se e põe-se num escorredor.Não se tiram as sementes.

Faz-se um refogado com azeite, cebola picada e polpa de tomate*
 e deixa-se cozer. Quando o molho engrossar, deita-se o camarão descascado e deixa-se refogar, viginado sempre para não queimar.

Tira-se o camarão do refogado e deita-se no molho o pó de coco e deixa-se ferver, mexendo sempre, até apurar.
Quando o molho estiver apurado, deita-se o camarão novamente e tira-se do lume.

Fritam-se as beringelas passadas por farinha e põe-se às camadas com o camarão num pirex alternado com o molho.

A última camada deve ser de beringelas.

Depois da última camada deita-se um pouco de molho, calca-se levemente e polvilha-se com queijo ralado e vai a gratinar ao forno por 15 min.

domingo, 27 de junho de 2010

" Catikalangu " ou bolo de milho - Especialidades de Maputo (Moçambique)

Ingredientes

  1. ½ kg de farinha de milho (pode ser amarela ou branca)
  2. 300 ml de água (se não chegar vai acrescentando)
  3. 200 grs de côco em pó
  4. 250 grs de açucar
  5. 1 pitada de sal
  6. 2 paus de canela divididos ao meio
  7. 5 cardamomos
  8. 1 cebola grande
  9. 2 colheres de sopa de óleo

Preparação

Numa panela deita-se a água, 3 pedaços do pau de canela, o cardamomo, o sal e o açucar e deixa-se ferver. Adiciona-se o côco todo e a farinha aos poucos, fazendo uma papa grossa com a farinha.

Quando já estiver uma papa bem cozida retira-se do lume mas mantendo quente.

Noutro tacho que possa ir ao forno, pica-se a cebola fininha e refoga-se com óleo.

Ponha um pauzinho de canela e deixa a cebola alourar até ficar acastanhada mas sem queimar.

Deita-se para esta panela as papas ainda quentes e leva-se ao forno, pré-aquecido a 180º, durante 1 hora.

Quando estiver alourado por cima retire do forno, deixe arrefecer e desenforme.

Deve-se fazer na véspera e servir bem frio.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Bolo de curgette e cenoura

Já tinha visto esta receita no blog da Luísa Alexandra e despertou-me muita curiosidade. 

Hoje resolví fazer, com algumas alterações. Como não gosto muito de manteiga, preferí fazer com óleo becel e prescindí do mel, pois enjoa-me. Só tomo mel simples para prevenir constipações e alergias!

Fiz assim:

Ingredientes:
  • 3 ovos
  • 1 chavena de óleo
  • 1,5 chavena de açucar
  • 3 chavenas de farinha
  • 1 curgette média
  • 1 cenoura média
  • raspas de limão
  • 1 colher de chá de fermento
Separar as gemas das claras e bater as claras em castelo. Reservar.

No copo da bimby pulverizar a casca de meio limão com o açucar na vel. 7, 1 min. Juntar a curgette e a cenoura com cascas, mas bem lavadas e secas e cortadas aos bocados. Programei 30 seg na vel 7 para ficarem bem triturados, pois cá em casa não comiam se assim não fosse!

Adicionei as 3 gemas e batí 30 seg na vel 4. Depois o óleo mais 15 seg na mesma vel.

Juntei a farinha e o fermento e misturei mais 15 seg na vel 3.

Despejei o preparado numa forma de silicone e levei ao forno pré-aquecido por 35 minutos a 150º.

Prefiro cozer os bolos com menos temperatura e mais tempo para garantir de cozem por igual e que não queimem por fora! Aprendí isto com a minha sogra que era uma excelente cozinheira e doceira!

Desenformei com o bolo frio, mas só me lembrei de tirar fotos já depois de ter cortado 2 fatias...lolol

Posso dizer-vos que realmente fica muito bom mesmo e que todos cá em casa adoraram. Só disse que era bolo de cenoura e curgette depois de comerem!!!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Gelado de iogurte

 E para trminar este dia dos namorados nada melhor do que um gelado campestre:


Deitar no copo da bimby as framboesas bem lavadas, cobrir com água e 5 colheres de açúcar. Bater até ficar um sumo.


Numa taça de gelado pôr pedaços de pêssego; previamente cortados aos cubos com casca, no fundo. Acrescentar uma colher generosa de iogurte de fruta congelado, e por cima deitar o batido.

Fica uma excelente sobremesa a acompanhar toda esta refeição campestre!

Pizza campestre

Fazer a massa da pizza do livro de receitas base da bimby:
Ingredientes:
  • Para a massa:
    • 200 grs de água
    • 50 grs de azeite
    • 30 grs de fermento de padeiro
    • 400 grs de farinha de pão (sem fermento)
    • 1 colher de café de sal
  • Para o recheio
    • 3 tomates maduros
    • 2 gurgetes
    • 10 camarões
    • azeite q.b.
    • 1 cebola pequena picada
    • 2 dentes de alho
    • 1 pitada de sal
    • queijo ralado q.b.
Coloque a água, o azeite e a levedura desfeita em bocadinhos no copo e programe 1 min, 37º na vel. 2.
Junte a farinha e o sal. Amasse durante 2 min na vel espiga.
Retire a massa do copo, coloque-a num saco de plástico e deice levedar no mínimo 30 min.


Estenda a massa, faça furinhos com um garfo e levar a assar até ficar crocante.

Num tacho deitar o tomate maduro cortado aos pedaços com azeite, cebola picada, alho e sal. Depois de cozido, reduzir em creme com a varinha mágica.

Barrar as bases da pizza com este preparado.

Deitar queijo ralado por cima, depois acrescentar as rodelas de curgette, os cogumelos e pedaços de camarão cozido já descascado ou lagosta.
Levar novamente ao forno até ver que o queijo está derretido e as curgetes alouradas.
Se estiver num churrasco, embrulhar a pizza em papel de alumínio e levar a grelhar em cima de um grelhador de chapa por 10 min

Massarocas de milho assadas com manteiga de alho

Abrir as cascas da maçaroca (espiga de milho), molhar em água fria, sacudir bem, untar o milho com a manteiga aromatizada, fechar novamente com as cascas e amarrar as pontas.


Levar a assar numa grelha. Qdo as cascas estiverem queimadas mas não esturricadas, descascar e comer ainda morno.

domingo, 13 de junho de 2010

Garoupa assada no forno

Escamei e amanhei 1 garoupa com cerca de 1,5 kg. Piquei 1 cebola com 100 gramas de toucinho fumado gordo, juntei 1 ramo de salsa também picado, temperei com sal e pimenta e amassei tudo com 75 gramas de manteiga. Depois, barrei a garoupa com esta papa, tendo o cuidado de reservar um pouco para a barriga. Na barriga, coloquei também 1 raminho de tomilho verde.




Untei um tabuleiro com azeite e levei a garoupa a assar com 2 dl de vinho branco em forno médio previamente aquecido.



Entretanto, cozi 12 cebolinhas num pouco de água e sal. E, num pouco de água e sal, cozi também um pouco de brócolos com a preocupação de deixá-los rijos.



Preparei um molho bechamel fluido com 1 colher de sopa de manteiga, 1 colher de sopa de farinha e 5 dl de leite. Temperei com sal, pimenta preta moída na ocasião e raspas de noz-moscada. Fora do lume, juntei 1 dl de natas frescas e 2 gemas de ovo.



Coloquei os brócolos e as cebolinhas num tabuleiro, reguei com o molho, polvilhei com queijo parmesão ralado e levei a gratinar um pouco.



Servi a garoupa acompanhada com os brócolos e as cebolinhas gratinados.

Escabeche de petingas

No sábado, cortei a cabeça e retirei as tripas a 500 gramas de petingas. Polvilhei-as com farinha, sacudi-as e fritei-as em óleo fervente.




Levei ao lume um tacho com 4 cebolas médias cortadas às rodelas, 4 dentes de alho laminados, 2 colheres de sopa de açúcar mascavado, 1 colher de sobremesa de caril, um pouco de gengibre picado, 1 folha de louro cortada aos pedaços, uns raminhos de tomilho verde, 1 dl de azeite virgem, 1 dl de água, 2,5 dl de vinagre, sal e 20 grãos de pimenta branca. Deixei cozer até as cebolas ficarem cozidas, mas ainda rijinhas.



Cobri o fundo de um tupperware com uma camada de petingas fritas e reguei-as com metade do escabeche ainda quente. Por cima, distribuí o resto das petingas, que cobri com o resto do escabeche. Deixei arrefecer, tapei e guardei no frigorífico.



Hoje, quarta-feira, voltei as petingas para a travessa e, duas horas depois, servi as petingas frias como entrada.

Coelho com cerveja

Limpei e cortei o coelho em pedaços prontos a servir. Descasquei e cortei em dados 3 cebolas médias, 3 dentes de alho e 2 cenouras grandes.




Num tacho com 1 colher de sopa de azeite virgem, fritei até ficar estaladiço 100 gramas de bacon cortado às fatias finas. Retirei o bacon, juntei mais 1 colher de sopa de azeite virgem e salteei as cebolas, os dentes de alho e as cenouras. Retirei quando a cebola começou a ficar transparente. No mesmo tacho acrescentei mais 1 colher de sopa de azeite virgem e alourei os pedaços de coelho. Temperei com sal e pimenta preta moída na ocasião e juntei 4,5 dl de cerveja Super Bock Stout. Cortei ao meio 4 pães de trigo, barrei-os com mostarda à moda antiga, coloquei-os sobre o coelho com o lado da mostarda para baixo, tapei e deixei cozer em lume brando durante 50 minutos.



Retirei depois as fatias do pão, coloquei-as num tabuleiro com o lado da mostarda voltado para cima e levei a tostar em forno previamente aquecido para ficarem estaladiças.



Passados mais dez minutos, retirei os pedaços de coelho para uma travessa e reduzi a puré as cebolas e as cenouras. Levei ao lume, adicionei 100 ml de natas frescas e rectifiquei de sal e pimenta.



Servi o coelho guarnecido com as fatias de pão e rodelas de maçã reineta salteadas em manteiga. Para não escurecerem, à medida que as fui cortando, reguei-as com uma mistura de água e sumo de limão.
Obrigada pela visita!
Deixe um comentário com a sua opinião!
Related Posts with Thumbnails