Ofereço cartões OPTIMUS TAG.
Contacta-me!!

juliaafferreira@gmail.com

VISITE OS MEUS OUTROS BLOGS:

http://www.as-minhas-bugigangas.blogspot.com/










Compre aqui os seus electrodomésticos:

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Como arrumar o frigorífico

Gostewi imenso deste artigo!

http://revistacasaejardim.globo.com/Revista/Common/0,,EMI161381-18069,00-GELADEIRA+CADA+COISA+EM+SEU+LUGAR.html

Bjs

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Penteado giro!

Hoje ví esta trança com um coque retrô e gostei bastante:

http://revistacriativa.globo.com/Revista/Criativa/0,,EMI160602-17111,00-PENTEADO%20TRANCA%20COM%20COQUE%20RETRO.html

No meu casamento a minha sobrinha/afilhada que levou as alianças fez tranças deste género, mas ela fez 2 uma de cima pra baixo e outra na nuca de baixo pra cima e juntaram as duas no alto da cabeça presas com gachos com flores!

Ficou mto bonita a minha princesa Paulinha!!!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

De volta com novidades.....

Olá

ULtimamente não tenho postado nada pois andava sempre mal disposta, tudo me enjoava e não me dediquei mto á cozinha.

Não, infelizmente não era gravidez, era a minha visicula a dar sinais.

Fui operada e já estou bem, graças a Deus.

Mas agora só posso postar a minha dieta, se quiserem....lolololol

Nada de gorduras, só sopa de legumes e puré de maçã, iogurtes magros, até sábado, depois vou começar a comer algumas coisas mais sólidas!

Bjs

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Camarões com beringelas

Ingredientes:
  • 2 beringelas grandes
  • 1 cebola
  • polpa de tomate q.b.
  • 1 kg de camarão médio
  • côco em pó (uma mão cheia)
  • azeite
  • sal
  • água

Preparação


Descascam-se as beringelas e partem-se em rodelas de ½ centímetro de espessura, e salgam-se e põe-se num escorredor.Não se tiram as sementes.

Faz-se um refogado com azeite, cebola picada e polpa de tomate*
 e deixa-se cozer. Quando o molho engrossar, deita-se o camarão descascado e deixa-se refogar, viginado sempre para não queimar.

Tira-se o camarão do refogado e deita-se no molho o pó de coco e deixa-se ferver, mexendo sempre, até apurar.
Quando o molho estiver apurado, deita-se o camarão novamente e tira-se do lume.

Fritam-se as beringelas passadas por farinha e põe-se às camadas com o camarão num pirex alternado com o molho.

A última camada deve ser de beringelas.

Depois da última camada deita-se um pouco de molho, calca-se levemente e polvilha-se com queijo ralado e vai a gratinar ao forno por 15 min.

domingo, 27 de junho de 2010

" Catikalangu " ou bolo de milho - Especialidades de Maputo (Moçambique)

Ingredientes

  1. ½ kg de farinha de milho (pode ser amarela ou branca)
  2. 300 ml de água (se não chegar vai acrescentando)
  3. 200 grs de côco em pó
  4. 250 grs de açucar
  5. 1 pitada de sal
  6. 2 paus de canela divididos ao meio
  7. 5 cardamomos
  8. 1 cebola grande
  9. 2 colheres de sopa de óleo

Preparação

Numa panela deita-se a água, 3 pedaços do pau de canela, o cardamomo, o sal e o açucar e deixa-se ferver. Adiciona-se o côco todo e a farinha aos poucos, fazendo uma papa grossa com a farinha.

Quando já estiver uma papa bem cozida retira-se do lume mas mantendo quente.

Noutro tacho que possa ir ao forno, pica-se a cebola fininha e refoga-se com óleo.

Ponha um pauzinho de canela e deixa a cebola alourar até ficar acastanhada mas sem queimar.

Deita-se para esta panela as papas ainda quentes e leva-se ao forno, pré-aquecido a 180º, durante 1 hora.

Quando estiver alourado por cima retire do forno, deixe arrefecer e desenforme.

Deve-se fazer na véspera e servir bem frio.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Bolo de curgette e cenoura

Já tinha visto esta receita no blog da Luísa Alexandra e despertou-me muita curiosidade. 

Hoje resolví fazer, com algumas alterações. Como não gosto muito de manteiga, preferí fazer com óleo becel e prescindí do mel, pois enjoa-me. Só tomo mel simples para prevenir constipações e alergias!

Fiz assim:

Ingredientes:
  • 3 ovos
  • 1 chavena de óleo
  • 1,5 chavena de açucar
  • 3 chavenas de farinha
  • 1 curgette média
  • 1 cenoura média
  • raspas de limão
  • 1 colher de chá de fermento
Separar as gemas das claras e bater as claras em castelo. Reservar.

No copo da bimby pulverizar a casca de meio limão com o açucar na vel. 7, 1 min. Juntar a curgette e a cenoura com cascas, mas bem lavadas e secas e cortadas aos bocados. Programei 30 seg na vel 7 para ficarem bem triturados, pois cá em casa não comiam se assim não fosse!

Adicionei as 3 gemas e batí 30 seg na vel 4. Depois o óleo mais 15 seg na mesma vel.

Juntei a farinha e o fermento e misturei mais 15 seg na vel 3.

Despejei o preparado numa forma de silicone e levei ao forno pré-aquecido por 35 minutos a 150º.

Prefiro cozer os bolos com menos temperatura e mais tempo para garantir de cozem por igual e que não queimem por fora! Aprendí isto com a minha sogra que era uma excelente cozinheira e doceira!

Desenformei com o bolo frio, mas só me lembrei de tirar fotos já depois de ter cortado 2 fatias...lolol

Posso dizer-vos que realmente fica muito bom mesmo e que todos cá em casa adoraram. Só disse que era bolo de cenoura e curgette depois de comerem!!!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Gelado de iogurte

 E para trminar este dia dos namorados nada melhor do que um gelado campestre:


Deitar no copo da bimby as framboesas bem lavadas, cobrir com água e 5 colheres de açúcar. Bater até ficar um sumo.


Numa taça de gelado pôr pedaços de pêssego; previamente cortados aos cubos com casca, no fundo. Acrescentar uma colher generosa de iogurte de fruta congelado, e por cima deitar o batido.

Fica uma excelente sobremesa a acompanhar toda esta refeição campestre!

Pizza campestre

Fazer a massa da pizza do livro de receitas base da bimby:
Ingredientes:
  • Para a massa:
    • 200 grs de água
    • 50 grs de azeite
    • 30 grs de fermento de padeiro
    • 400 grs de farinha de pão (sem fermento)
    • 1 colher de café de sal
  • Para o recheio
    • 3 tomates maduros
    • 2 gurgetes
    • 10 camarões
    • azeite q.b.
    • 1 cebola pequena picada
    • 2 dentes de alho
    • 1 pitada de sal
    • queijo ralado q.b.
Coloque a água, o azeite e a levedura desfeita em bocadinhos no copo e programe 1 min, 37º na vel. 2.
Junte a farinha e o sal. Amasse durante 2 min na vel espiga.
Retire a massa do copo, coloque-a num saco de plástico e deice levedar no mínimo 30 min.


Estenda a massa, faça furinhos com um garfo e levar a assar até ficar crocante.

Num tacho deitar o tomate maduro cortado aos pedaços com azeite, cebola picada, alho e sal. Depois de cozido, reduzir em creme com a varinha mágica.

Barrar as bases da pizza com este preparado.

Deitar queijo ralado por cima, depois acrescentar as rodelas de curgette, os cogumelos e pedaços de camarão cozido já descascado ou lagosta.
Levar novamente ao forno até ver que o queijo está derretido e as curgetes alouradas.
Se estiver num churrasco, embrulhar a pizza em papel de alumínio e levar a grelhar em cima de um grelhador de chapa por 10 min

Massarocas de milho assadas com manteiga de alho

Abrir as cascas da maçaroca (espiga de milho), molhar em água fria, sacudir bem, untar o milho com a manteiga aromatizada, fechar novamente com as cascas e amarrar as pontas.


Levar a assar numa grelha. Qdo as cascas estiverem queimadas mas não esturricadas, descascar e comer ainda morno.

domingo, 13 de junho de 2010

Garoupa assada no forno

Escamei e amanhei 1 garoupa com cerca de 1,5 kg. Piquei 1 cebola com 100 gramas de toucinho fumado gordo, juntei 1 ramo de salsa também picado, temperei com sal e pimenta e amassei tudo com 75 gramas de manteiga. Depois, barrei a garoupa com esta papa, tendo o cuidado de reservar um pouco para a barriga. Na barriga, coloquei também 1 raminho de tomilho verde.




Untei um tabuleiro com azeite e levei a garoupa a assar com 2 dl de vinho branco em forno médio previamente aquecido.



Entretanto, cozi 12 cebolinhas num pouco de água e sal. E, num pouco de água e sal, cozi também um pouco de brócolos com a preocupação de deixá-los rijos.



Preparei um molho bechamel fluido com 1 colher de sopa de manteiga, 1 colher de sopa de farinha e 5 dl de leite. Temperei com sal, pimenta preta moída na ocasião e raspas de noz-moscada. Fora do lume, juntei 1 dl de natas frescas e 2 gemas de ovo.



Coloquei os brócolos e as cebolinhas num tabuleiro, reguei com o molho, polvilhei com queijo parmesão ralado e levei a gratinar um pouco.



Servi a garoupa acompanhada com os brócolos e as cebolinhas gratinados.

Escabeche de petingas

No sábado, cortei a cabeça e retirei as tripas a 500 gramas de petingas. Polvilhei-as com farinha, sacudi-as e fritei-as em óleo fervente.




Levei ao lume um tacho com 4 cebolas médias cortadas às rodelas, 4 dentes de alho laminados, 2 colheres de sopa de açúcar mascavado, 1 colher de sobremesa de caril, um pouco de gengibre picado, 1 folha de louro cortada aos pedaços, uns raminhos de tomilho verde, 1 dl de azeite virgem, 1 dl de água, 2,5 dl de vinagre, sal e 20 grãos de pimenta branca. Deixei cozer até as cebolas ficarem cozidas, mas ainda rijinhas.



Cobri o fundo de um tupperware com uma camada de petingas fritas e reguei-as com metade do escabeche ainda quente. Por cima, distribuí o resto das petingas, que cobri com o resto do escabeche. Deixei arrefecer, tapei e guardei no frigorífico.



Hoje, quarta-feira, voltei as petingas para a travessa e, duas horas depois, servi as petingas frias como entrada.

Coelho com cerveja

Limpei e cortei o coelho em pedaços prontos a servir. Descasquei e cortei em dados 3 cebolas médias, 3 dentes de alho e 2 cenouras grandes.




Num tacho com 1 colher de sopa de azeite virgem, fritei até ficar estaladiço 100 gramas de bacon cortado às fatias finas. Retirei o bacon, juntei mais 1 colher de sopa de azeite virgem e salteei as cebolas, os dentes de alho e as cenouras. Retirei quando a cebola começou a ficar transparente. No mesmo tacho acrescentei mais 1 colher de sopa de azeite virgem e alourei os pedaços de coelho. Temperei com sal e pimenta preta moída na ocasião e juntei 4,5 dl de cerveja Super Bock Stout. Cortei ao meio 4 pães de trigo, barrei-os com mostarda à moda antiga, coloquei-os sobre o coelho com o lado da mostarda para baixo, tapei e deixei cozer em lume brando durante 50 minutos.



Retirei depois as fatias do pão, coloquei-as num tabuleiro com o lado da mostarda voltado para cima e levei a tostar em forno previamente aquecido para ficarem estaladiças.



Passados mais dez minutos, retirei os pedaços de coelho para uma travessa e reduzi a puré as cebolas e as cenouras. Levei ao lume, adicionei 100 ml de natas frescas e rectifiquei de sal e pimenta.



Servi o coelho guarnecido com as fatias de pão e rodelas de maçã reineta salteadas em manteiga. Para não escurecerem, à medida que as fui cortando, reguei-as com uma mistura de água e sumo de limão.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Divulgação do blog...

da minha irmã Ivone:

http://kitchen-treasures.blogspot.com/

Pois é, conseguí contaminar a minha irmã com o bichinho dos blogues e ajudei-a a abrir um dela.

Posso dizer-vos que ela é uma cozinheira de mão cheia!!!!!

Vão gostar muito dos seus cozinhados, bolos e doces!

Ela ainda é principiante nestas andanças da blogosfera e ainda está a explorar a coisa, mas eu dou uma mãozinha sempre que posso.

Ainda vou ajudá-la na publicação das fotos.

Ah, não estranhem a escrita sem acentos pois ela vive em Inglaterra e lá os pc's não têm acentuação (coisa de portugueses).

Entretanto eu tb vou dando uma espreitadela e vou acrescentando os acentos que faltarem!

Espreitem o blog dela!!!

Bjs

Favas com entrecosto e chouriço

Ingredientes:
  • 800 gr de entrecosto
  • 1 cebola
  • 6 dentes de alho
  • 800 gr de favas frescas
  • 1 dl de azeite
  • 1 folha de louro
  • 2 dl de vinho branco
  • 2 tomates bem maduros
  • 1 chouriço de carne
  • 1 chouriço de sangue (morcela)
  • 1 ramo de coentros
  • pimenta q.b.
  • sal q.b.


Cortar o entrecosto em pedaços e temperar com sal e alho e deixar marinar umas 2 horas. (eu uso pouco sal e deixo de um dia para o outro).

Num tacho, fritar o entrecosto num dl de azeite e mexer para alourar bem. Acrescentar a cebola picadinha, a folha de louro e qdo a cebola estiver transparente adicionar o vinho e deixar cozinhar mais um pouco.

Acrescentar os tomates cortados em cubos bem pequenos, cobrir com água e deixar cozinhar até levantar fervura.

Junte os enchidos, um ramo de coentros picadinhos, as favas e deixe cozinhar mais uns 10 minutos até as favas ficarem macias.

Rectifique os temperos.

Depois de apagar o lume, corte os chouriços em rodelas e sirva polvilhando com uma salada de alface e coentros bem migados.

Sirva ainda quente e bom apetite!

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Estou de volta....

Após o meu luto.

Muita coisa acontecu nestes 2 meses, mas o mais importante é que estou de volta, mais animada com a vida!

Fiz anos no passado dia 23 de Abril, mas não fiz festa. Eu e o meu marido aventurá-mo-nos a fazer shop soy de gambas!

Por acaso até ficou bom.

Não tirei fotos pq recebí visitas um dias destes e acho que uma das filhas do casal levou as pilhas recarregáveis originais da minha máquina. Acreditam nisto???

O meu marido diz que a culpa é minha por deixar a máquina á vista, mas claro que estava á vista pq tínhamos tirado umas fotos todos juntos e eu pousei-a em cima do móvel da sala.

Então mas eu tenho de esconder as coisas de cada vez que recebo visitas???

Agora já dei voltas á casa toda e nada de pilhas! Comprei outras recarregáveis (2650) mas a máquina não liga com estas!!!

Bem adiante....

Luísa Alexandra já tratei daquilo hoje. Vou enviar-te um email. Muito obrigada por tudo!!!

Beijinhos

sábado, 13 de março de 2010

Lombinhos de pescada com legumes e cogumelos gratinados no forno


Ingredientes:
  • 6 lombinhos de pescada
  • 1 cebola pequena
  • massa de alho
  • 0,5 kg de cogumelos frescos
  • 6 batatinhas
  • 1 curgette
  • 2 cenouras
  • 1 beringela
  • molho bechamel
  • queijo ralado
  • pão ralado
  • azeite
Ferver água. Descascar as batatas e cortar em 4 gomos. Descascar as cenouras e cortar ás rodelas não muito finas. Quando a água estiver a ferver, deitar 1 colher de sal e meter as batatas e cenouras por 5 minutos sempre com a água a ferver. Escorrer e reservar.

Num tacho refogar em azeite a cebola picadinha e os cogumelos cortados. Acrescentar 1 colher de sopa de massa de alho. Temperar com óregãos.

Temperar os lombinhos com este refogado. Colocar num tabuleiro de ir ao forno os lombinhos, por cima as batatas, cenouras, curgetes e beringelas cortadas ás rodelas fininhas.

Deitar 1 pacote pequeno de molho bechamel por cima e espalhar o queijo ralado abundantemente alternado com pão ralado.

Vai ao forno por meia hora. formando uma crosta crocante.


É mesmo delicioso, a Laura que o diga!!!!

segunda-feira, 8 de março de 2010

FELIZ DIA DAS MULHERES

Parabéns a todas nós!

Pena que tenha sido preciso escolher um dia para homenagear as mulheres pois os restantes 364 são dos homens!

Ainda há muita descriminação e injustiça, mas espero que a próxima geração consiga mais igualdade!

Peço desculpas a todas por andar mais ausente, mas não tem sido fácil. Tenho estado em casa da minha mãe a dar-lhe apoio e fazer companhia pq ela está muito muito em baixo. Depois mexer nas coisas do meu pai, tb me tem derrubado imenso mas alguém tinha de fazer e não ia deixar a minha mãe sózinha neste momento.

Só na passada quinta-feira é que conseguí dormir uma noite inteira, de resto tem sido 2 a 3 horas por noite!

Mas aos poucos a vida retorna á normalidade....tem de ser!!!!

Eu dava os meus pais como um dado adquirido e nunca me imaginei sem eles, mesmo agora ainda tenho de pensar duas vezes para me aperceber de que ele já não está lá. Ainda não interiorizei a idéia de que não vou ver mais o meu pai!!!!

Desculpem.....

domingo, 7 de março de 2010

Para a Luísa Alexandra!

Olha só a diferença dos portáteis!








O écran não tem reflexos, é de 20" a estou mto satisfeita. O teclado é mto suave, não faz barulho nenhum a escrever!!!!

Bjs

Galo recheado com puré de castanhas




Ingredientes:
  • 1 galo capão
  • 2,5 dl de vinho branco
  • massa de alho
  • massa de pimentão
  • pimenta preta
  • 1 ramo de salsa
  • limão
  • azeite
  • 300 grs de presunto
Recheio:
  • 1 kg de castanhas congeladas
  • sal
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 d de caldo Maggy de galinha
  • 1 ovo
  • figado do capão
  • vinho branco (metí a olho)
Depois de limpo, temperar o capão com 2,5 dl de vinho branco, massa de alho e massa de pimentão, pimenta preta, 1 ramo de salsa e rodelas de limão. De vez em quando,voltar para que todo o capão fique temperado.

Num panela com água temperada de sal, cozer 1 kg de castanhas congeladas. Passar até obter um puré.
Temperar o puré de castanhas com 2 colheres de sopa de manteiga derretida em banho-maria, 2 dl de caldo de galinha, o vinho e 1 ovo.
No final, juntar o fígado do capão muito picadinho.

Rechear o capão com este puré e coser com uma agulha e linhas proprias. (Comprei no Pingo Doce, passando a publicidade)

Untar um tabuleiro com azeite, fazer uma cama com fatias de presunto e colocar o capão.
Reguei com a marinada e em cima colocar as rodelas de limão e umas 6 nozes de manteiga.

Assar em forno moderado previamente aquecido durante 1 hora. Retirei-o do forno, virar, regar com 1 dl de água fria misturada com 1 dl de vinho do Porto e voltar a meter no forno.

Ao fim de meia hora, virar novamente e deixar assar durante mais meia hora

Servir trinchado e guarnecido com o recheio de puré de castanhas e uma salada de alface e arroz.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Massa talharim com camarão



Ingredientes:
  • 500 grs de massa talharim
  • 400 grs de camarão 30/40
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 2 nozes de manteiga
  • 5 dl de natas
  • sumo de meio limão
  • pimenta
  • azeite
  • sal q.b
Cozer a massa talharim num tacho com água, sal e um fio de azeite. Passar o talharim por água fria, deixar escorrer, e passar por água quente momentos antes de servir.

Tirar as cabeças e descascar o camarão, abrindo o dorso e limpar a tripa.

Num tacho levei a cozer a cebola e o alho picadinhos a manteiga. Antes de ganhar cor, juntar as cabeças e as cascas do camarão as natas. Deixar cozer em lume brando durante uns 20 minutos, esmagando de vez em quando as cascas e as cabeças com uma colher de pau. Passar tudo com um passador, comprimindo as cabeças e as cascas com uma colher de pau para que libertassem bem o suco.

Levar de novo o molho ao lume brando, temperar com sal fino e pimenta e deixei engrossar até ficar cremoso. Juntar os camarões descascados e deixei cozer mais 2 minutos. Apagar o lume e espremer o sumo de meio limão.

Servir o talharim e por cima o molho com o camarão.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Dourada assada no forno

Ingredientes:
  • 1 dourada
  • limão
  • massa de alho
  • massa de pimentão
  • pimenta
  • vinho branco
  • 2 cebolas
  • azeite
  • sal
  • limão
Temperar a dourada com a massa de alho e de pimentão, a pimenta, sal e vinho branco.

Deixar de um dia para o outro, ou do almoço para o jantar.

Num tabuleiro, fazer uma cama com 2 cebolas cortadas ás rodelas, colocar a dourada por cima, acrescentar tomate (costumo cozer o tomate com sal e congelar em cubos, depois é só deixar descongelar e usar). Em alternativa, deixar cozer o tomate bem maduro com 3 colheres de azeite e derreter com a varinha mágica.

Acrescentar salsa picadinha, colocar as rodelas de limão, tapar com papel de alumínio e levar ao forno a 180º durante 1 hora. Virar ao fim de meia hora.

 Acompanhei com batatas cozidas.



terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Arroz à valenciana



Ingredientes:
  • 500 grs de ameijoas
  • 500 grs de lombinhos de porco
  • 100 grs de presunto
  • 1 lula
  • azeite
  • 400 grs de ervilhas congeladas
  • 350 grs de arroz basmati
  • metade de 1 chouriço de carnes
  • 12 camarões 30/40
  • 1 cebola
  • 6 dentes de alho
  • 2 tomates maduros
  • 1 pimento
  • sal
  • açafrão
Num tacho pequeno, deitar as 500 ameijoas depois de muito bem lavadas e levar ao lume para abrirem.

Num tacho grande, deitar um pouco de azeite e ligeiramente os lombinhos de porco cortados em pedaços pequenos, juntamente o presunto cortado em pedaços ainda mais pequenos. Refrescar tudo com um pouco de vinho branco, tapar e deixar ferver um pouco.

Adicionar 1 lula cortada às rodelas e deixei cozer mais um pouco.

Juntar 1 cebola grande e 6 dentes de alho picadinhos e deixar refogar.

Cortar em pedaços o tomate maduros e pelado e juntar.
Adicionar um pouco de açafrão das Índias,sal, metade de um chouriço de carne cortado às rodelas.
Deixei cozer um pouco em lume brando.

Juntar as ervilhas congeladas e, quando voltar a ferver, acrescentar o arroz.
Quando começou a secar, cobrir tudo com cerca de 1 litro de água a ferver misturada com a água coada de cozer as amêijoas.
Juntar o pimento vermelho cortado às tiras e deixar cozer cerca de 15 minutos. Quando o arroz estiver quase cozido, juntar as ameijoas já abertas e mexer.
Por cima colocar 12 camarões 30/40 descascados, mas mantendo a cabeça e a cauda. Tapar e deixar cozer mais 3 minutos.

Servir.

Poderia ser uma espécie de Arroz à valenciana. Mas o frango não fez falta nenhuma!!

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Falecimento do meu pai

Olá,


Obrigada pela força a todas que me deixaram uma msg no meu blog.

É mesmo verdade, o meu pai faleceu na terça-feira de carnaval ás 06:00 com um ataque cardíaco fulminante.

Nada fazia prever este desfecho pois ele estava bem. Mas a vida é mesmo assim!

Estava a tomar banho qdo caiu para o lado, a minha irmã ainda lhe amparou a queda. Qdo a minha mãe me ligou, fui logo a correr pois moro a 150 metros deles, mas eu já o ví morto no chão da casa de banho. Os bombeiros nem fizeram desfibrilhação pois ele estava molhado. Seguiram logo com ele para o Hospital de Vila Franca de Xira e eu fui atráz, qdo lá cheguei chamaram-me para uma sala á parte e deram-me algo a beber eu ví logo! O médico ainda começou a enrolar para dar tempo do calmante fazer efeito, mas mediante a minha insistência acabou por confirmar que ele já tinha entrado no hospital em paragem cardio-respiratória e que mesmo que o conseguissem reanimar iria ficar ligado a uma máquina, pois o cérebro ficou muito tempo sem oxigénio!

Após ter perdido a minha sogra e o meu sogro, agora foi a vez do meu pai!

Que ele descanse em Paz!!!!

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

:-(

O meu pai faleceu esta manhã, ás 06:00!!!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Mousse de chocolate e café

Para os dias especiais, como ontem, já que o marido é fã de chocolate!!!



Ingredientes:
  • 200 grs de chocolate branco Pantagruel
  • 125 + 125 grs de manteiga sem sal
  • 2 colheres de sopa de wisky
  • 100 + 100 grs de açuçar
  • 6 ovos
  • 200 grs de chocolate preto
  • 100 grs de cacau em pó
  • 2 colheres de sopa de conhaque
Para o creme de café:
  • 3 ovos
  • 100 grs de açucar
  • 1 colher de chá de farinha maizena
  • 5 dl de leite
  • 1 colher de café
Derreter em banho-maria o chocolate branco. Fora do lume, juntar-lhe a manteiga, o wisky e bater bem. Acrescentar o açúcar em pó  sempre batendo e juntar 3 gemas de ovos. Bater até ficar um creme bem macio.

À parte, bater 3 claras em castelo.
Acrescentar o batido de chocolate branco e envolver delicadamente com uma espátula sem bater.

Proceder da mesma maneira mas com o chocolate preto com 70 por cento de cacau da Lindt. Adicionar 2 colheres de sopa de conhaque, em vez do wisky.

Deitar as 2 mousses deixando-as cair ao mesmo tempo numa forma de bolo inglêsr. Cobri com folha de alumínio e guardar no frigorífico.

Creme:
Bater bem 3 gemas de ovos com 100 gramas de açúcar e misturar 1 colher de chá cheia de farinha maizena e previamente diluída num pouquinho de leite frio. Depois, mexendo sempre, deitar em fio 5 dl de leite ferver misturado com 1 colher de café bem forte. Levar ao lume muito brando mexendo sempre com colher de pau, até querer levantar fervura.
A diminuição da espuma é um bom indicador.
Retirar do lume e continuar a mexer durante 1 min e deixar arrefecer. Guardar no frigorífico.

Na hora de servir, desenformar a mousse com cuidado.
Regar com o creme de café.


Lombo de porco assado no forno

Como estou adoentada, resolví fazer um almoço prático para o dia dos namorados!
Tinha um lombo do cachaço de porco congelado, já recheado.
Óptimo!!! Foi só meter no forno e voltar para a cama!!!!



Mas vou explicar como recheei:
Ingredientes:
  • 1 lombo do cachaço (este pesava 1,5 Kg)
  • 50 grs de amendoím
  • 50 grs de manteiga
  • 1 cebola
  • alho
  • aipo
  • salsa
  • pão sem côdea
  • sal
  • pimenta
  • 1 maçã reineta
  • limão
  • ervas aromáticas da margão
Comecei por abri-lo ao meio. Rodei-o 90 graus e abri-o do meio para baixo e, depois, do meio para cima. Fiz um rectângulo.
Num tacho, alourar 1 cebola pequena picada e os amendoins, também picados, com a manteiga. Juntar 1 aipo, 1 ramo de salsa, tuso picadinho, 1 pãozinho sem côdea cortado em pequenas cubos e 1 maçã reineta também cortada aos cubos e borrifada com o sumo de 1/2 limão. Temperar com sal, pimenta preta, 1 colher de café de uma mistura de ervas aromáticas da Margão e deixei cozer até a maçã ficar macia.

Colocar este recheio sobre o lombo de porco, enrolar e atar como se fosse um paio.

Num tabuleiro de ir ao forno colocar o lombo de porco com umas nozes de manteiga em cima e levar ao forno previamente aquecido a 200 graus durante 20 min. Depois baixar a temperatura do forno para 170 graus e deixar assar durante 1 hora.
Coar o molho que se formou e levar ao lume com 1,5 dl de cerveja. Rectificar os temperos (sal) e deixar reduzir a metade.
Servi o lombo de porco guarnecido com puré de maçã e salada.


Nota: A sobremesa segue dentro de momentos.....

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Dia dos namorados

Dedico esta canção a nós, amor!
Afinal, apesar dos 20 anos de casados, há 27 anos que somos namorados!!!
E não me arrependo de nada, meu primeiro, único e grande amor!!!!

sábado, 13 de fevereiro de 2010

De molho!

Olá,

Desculpem-me a ausência mas caí de cama na quinta-feira com uma gripe daquelas ... com direito a febres altas e dores de garganta e a vontade não é nenhuma!

Já liguei para a linha 24, tenho de aguardar pra ver a evolução dos sintomas.

Belo fim-de-semana que se avizinha!

:-(

Espero amanhã estar melhor!!!

PS: A partir de agora tenho de começar a programar as postagens para evitar estas situações, pois tenho muitas receitas para editar, mas ainda tenho de escrever, tratar as fotos e colocar aqui. Mais logo já me aventuro, agora queria ir apanhar um pouco de sol e recarregar baterias!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Massa de pimentão

Aprendí a fazer a massa de pimentão, a polpa de tomate e a massa de alho e desde então só consumo "produto caseiro":


Ingredientes:
Pimentos
Sal grosso
Azeite
Alho
Preparação:



Limpar os pimentos de sementes e da película branca, cortar aos pedaços e cozer com água.



Escorrer bem e passá-los num passador, adicionando também uns dentes de alho crús para dar mais gosto à massa.

Medir as porções da massa com qualquer medida que lhe dê jeito: uma colher de sopa, uma xicara de café.....



Colocar a massa de pimentão num recipiente e adicionar sal grosso, na proporção de 2 medidas de massa de pimentão para 0,5 medida de sal.

Colocar em frascos e por cima deitar um fio de azeite para ajudar a conservar e a não ganhar bolor.

Virar os frascos com a tampa para baixo, para ganhar vácuo.
Ter em atenção que, ao temperar a comida com esta massa de pimentão, suprime-se o sal.

O algo, piso com sal e azeite e guardo em frascos no frigorífico, pois assim está sempre pronto a usar para cozinhar.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Cannellones recheados

Ingredientes:
  • 400 grs de carne picada
  • 3 cebolas
  • 1,5 dl de azeite
  • 6 dentes de alho
  • polpa de tomate
  • louro
  • salsa
  • manjericão
  • pimenta
  • sal
  • orégãos
  • 1 lata de polpa de tomate
  • 150 grs de espinafres
  • molho béchamel
  • cannellones

Levar ao lume num tacho 2 cebolas médias cortadas picadas com cerca de 1,5 dl de azeite virgem.
Juntar 1 lata de polpa de tomate.
Acrescentar também 1 folha de louro, 1 ramo de salsa, 3 dentes de alho inteiros, um pouco de manjericão, uma pitada de pimenta. Tapar e deixar cozer em lume brando durante cerca de 25 minutos.

Noutro tacho, refogar 1 cebola pequena com 3 dentes de alho, tudo bem picadinho.
Refrescar com um pouco de vinho branco e juntar a carne picada. Acrescentar o preparado anterior, 1 ramo de salsa picado e orégãos.
Rectificar os temperos e reservar.

Levar ao lume um tacho com um pouco de água e sal. Quando começar a ferver, escaldar 1 molho de espinafres, retirar e passá-los por água fria. Escorrer, espremendo com as mãos e picar grosseiramente.

Levar outra panela ao lume com bastante água e um pouco de sal. Quando começar a ferver juntar 16 cannellones, desses que se encontram à venda. Apesar de na embalagem dizer que não necessitam cozedura, deixar ferver durante 2 min. Coar a água e passar depois por água fria para não pegarem.
Fora do lume, juntar as carnes, os espinafres picados e o molho bechamel. Misturar tudo e rectifiquei de têmperos.

Untar um tabuleiro com manteiga. Rechear um a um os cannellones com o recheio e colocar num tabuleiro lado a lado. Para rechear os cannellones, pegar um saco plástico com o recheio, cortar numa ponta e usar como se fosse um saco de pasteleiro.

Deitar molho béchamel por cima e polvilhar com queijo parmesão ralado e levar ao forno previamente aquecido durante cerca de 20 minutos.

Servir e já no prato ralar mais um pouco de queijo parmesão.
 

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Sopa de grão com espinafres

Tinham-me sobrado uns 200 gramas de grão-de-bico que tinha cozido para comer com o bacalhau.
Hoje, levei-o ao lume, juntei-lhe 1 cebola média cortada aos pedaços, 4 dentes de alho, 2 tomates maduros a que tirei previamente a pele e uma ponta de uma posta de bacalhau que também tinha guardado. Deixei cozer durante 30 minutos e passei tudo pelo passe-vite. Levei novamente ao lume, rectifiquei de sal e juntei 150 gramas de espinafres. Retirei do lume logo que voltou a ferver.




Servi a sopa polvilhada por ovo cozido picado.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

aventuras do fim de semana

Este fim de semana tive visitas e fiz garoupa assada no forno que estava um espectáculo, fiz croissants, pão com passas, e cornucópias!

Estava toda entusiasmada, pois teria muito para postar, mas esquecí-me de tirar fotos!!!

Como andava mais preocupada com as visitas... nunca mais me lembrei!!!

Tb não faltarão oportunidades!

Bjs

Iscas de fígado de porco

Nas últimas análises que fiz, foi detectada anemia ( que é normal em mim) mas desta vez os valores estão um pouco mais baixo do que costumam.

Então, além dos comprimidos de ferro e vitaminas a médica aconselhou-me iscas e mais umas quantas comidas que contêm ferro!

Já comecei a cumprir e fiz iscas um dia da semana passada:

Ingredientes:
  • 6 iscas
  • alho
  • pimenta
  • louro
  • vinho branco

Temperar as iscas umas 2 horas antes (se puder ser com mais tempo, melhor).

Deitar um fio de óleo numa frigideira e deixar aquecer. Colocar as iscas, deixar fritar e ir virando para não ficarem muito fritas.
Retirar do lume, deitar a marinada na frigideira para fazer o molho. Quando o molho estiver apurado, voltar a meter as iscas, deixar mais 1 min e apagar.


Quando me lembrei de ir tirar a foto já só restava uma!!!

Acompanhar com batatas cozidas, batatas fritas ou arroz.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Manteiga de alho


Com o pãozinho quente e a manteiga a derreter, nem deu tempo de colocar num prato!!!


Ingredientes:
  • 1 pacote de manteiga (de preferencia sem sal)
  • 4 dentes de alho
  • 1 ramo de salsa
Aquecer um tacho, retirar do lume e deitar um pacote de manteiga primor sem sal, deixar derreter. Voltar ao lume brando até a manteiga ficar acastanhada.


Retirar novamente do lume.

Entretanto fazer uma massa de alho com sal utilizando a picadora. Deitar essa massa na manteiga derretida, mas morna.

Picar um ramo de salsa e adicionar. Mexer tudo muito bem, deitar na manteigueira, deixar arrefecer e depois levar ao frigorífico, até ficar cremoso.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Pastéis de massa tenra

Adoro pastéis de massa tenra!
Na minha juventude, qdo ia para o liceu, lembro-me de comprar numa pastelaria a caminho da estação de comboios, sempre que tinha uns trocos ... hummm eram uma delícia!
Encontrei esta receita na net, ficaram bons, mas não tanto como os daquela pastelaria!!!! Tenho de experimentar fazer o recheio de outra maneira....



Ingredientes:


Para a massa:
  • 250 grs de farinha sem fermento
  • 1 colher de sopa de banha ou margarina
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1,5 dl de água
  • 1 pitada de sal
Para o recheio de carne:
  • 200 grs de carne picada
  • 1 cebola
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 1,5 dl de caldo de carne
  • 2 gemas
  • sal
  • pimenta
  • noz-moscada
  • limão
  • salsa

Confecção:
O recheio: Aloure a cebola picada na manteiga ou margarina.

Polvilhe com a farinha e regue com o caldo de carne.

Junte a carne picada e as gemas.

Tempere com sal, e pimenta, noz-moscada, a raspa e o sumo de limão e salsa picada.



A massa: Peneire a farinha para uma tigela e junte a gordura derretida, o azeite e a água morna, onde dissolveu o sal.

Trabalhe os ingredientes rapidamente e bata a massa muito bem sobre a pedra da mesa.

Coloque-se sobre um prato polvilhado com farinha e cubra a massa com uma tigela aquecida (passe a tigela por água a ferver, enxugue-a rapidamente e coloque-a sem demora).

Deixe a massa descansar durante 1 hora.

Depois, estenda-a com o rolo e a ajuda de um pouco de farinha, coloque montinhos de recheio sobre ela a intervalos regulares.

Estenda a outra parte e coloque-a por cima da massa com os recheios

Com a mão dê-lhe um jeito para fazer aderir e para moldar os pastéis e depois recorte-os com a carretilha.

Coloque-os numa travessa polvilhada com farinha e frite-os em óleo quente.

A massa na bimby (ví no fórum):
Coloque no copo a manteiga e o azeite e programe 2min, temp 100º, vel 2.
Junte a água, a afarinha, e o sal e misture 20 seg, vel 6.
Deixe repousar no mímino 1/2 hora no frigorífico.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Fios de ovos

Embora já encontrem á venda nos supermercados, nos hipers, eu prefiro fazer em casa.
Aprendí com a minha sogra, de quem herdei o funil.
Pode parecer complicado, mas depois de fazer a 1ª vez torna-se fácil.

Ingredientes:
  • 10 gemas
  • 1 ovos
  • 1 kg açucar
  • 5 dl de água

Calda para lavar os fios de ovos:

  • 0,5 kg de açucar
  • 5 dl de água
  • gelo q.b.
Confecção:

Coloque as gemas e o ovo inteiro, num passador de rede e deixe escorrer, para uma taça, mexendo muito ao de leve com a ajuda de um garfo. Isto evita que a película dos ovos, que é o que dá mau sabor, passe.


Entretanto, coloque a água e o açúcar num tacho largo e leve ao lume. Deixe ferver por 8 min. Retire as impurezas que aparecem em cima, com uma escumadeira.

Verta o preparado dos ovos numa caneca ou funil próprios para fazer os fios de ovos.


Ao lado do tacho, coloque uma taça com um pouco de água, gelo e um outro passador de rede. Quando a calda estiver pronta, adicione um pouco (1 ou 2 conchas da sopa) da calda na água. Não deve ficar muito doce, mas como se vai molhar aí os fios prontos, é para eles não perderem o sabor.

Quando a calda estiver pronta (8 min) e mantendo o açúcar a ferver diminua a chama para o mínimo e deixe cair fios no centro do tacho, movendo sempre o funil em círculos.


Não coloque muitos, faça pouco de cada vez, pelo menos até ter prática.



Deixe ferver uns 30 a 40 segundos, e mexa com um garfo.



Retire-os com a ajuda de uma escumadeira, escorra e coloque-os no passador de rede.
Mergulhe-os por alguns segundos na água  mexendo com o garfo para que se soltem.
Retire e deixe-os escorrer noutro passador de rede.

Vá repetindo esta operação, até terminar o preparado de ovos.

Entre cada operação que fizer, vá borrifando a calda com água e uma vez por outra, adicione mais um pouco de água para a calda não ficar grossa.


Esta receita rendeu uns 200 gr de fios de ovos (foto).
Como não gastei tudo, congelei numa caixa de plástico e qdo voltar a precisar, é só tirar do congelador e deixar descongelar normalmente.

Dica: Se não tiver o funil, pode furar uma lata de salsichas, ou um copo plástico que o resultado é o mesmo!!!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Chiffon de pescada

Delicioso, soberbo, quando a pescada é pouca e os comensais são muitos!!!




Ingredientes:
  • 2 postas de pescada (250 gr)
  • 1 cenoura
  • 1 cebola
  • 1 alho francês
  • sal
  • tomilho verde
  • pimenta preta em grão
  • 1 dl vinho branco
  • 4 ovos
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 110 gr de farinha
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó (Pó Royal)
  • 2 tomates maduros
  • sal
  • noz moscada
  • raspas de limão
  • manteiga
  • 250 gr de miolo de camarão
  • couve-flôr
  • 1 limão

Cozer num 1 litro de água, 1 cenoura, 1 cebola pequena e 1 pedaço de alho francês, tudo picado e temperado com sal, tomilho verde, pimenta preta em grão e 1 dl de vinho branco. Deixar ferver durante 15 min e depois adicionar as 2 postas por mais 10 min. Tirar a pele e as espinhas à pescada e desfazer.

Bater bem 4 gemas de ovo. Juntar 3 colheres de sopa de azeite e continuar a bater. Quando estiverem bem cremosas, juntar a cebola picada e 2 tomates maduros muito bem desfeitos e limpos de pele e sementes, com a batedeira sempre a bater.

Juntei a pescada e 1 dl da água da cozedura.

No fim adicionar a farinha misturada com o fermento, temperar com sal, noz-moscada e raspa de 1 limão.

Á parte, bater as claras de ovo com uma pitada de sal. Envolver com cuidado a massa nas claras, deitar numa forma préviamente untada com azeite e levar ao forno a 150º durante 50 min.

Desenformei, colocar num tabuleiro redondo de ir ao forno. Aquecer 2 dl de água da cozedura e reguei o chiffon deixando-a cair em fio. Levei ao forno para aquecer.

Entretanto, cozer 1 punhado de camarão descascado num pouco de água com pimenta em grão e 1 cubo de caldo de marisco knorr. Num tacho, derreter 1 colher de sopa de manteiga, juntar 1 colher de sopa de farinha e, pouco a pouco, 2,5 dl da água da cozedura dos camarões. Rectifiquei de sal e temperar com ketchup e molho inglês.

Cortar o chiffon aos pedaços, guarnecer com couve-flor cozida temperada com manteiga derretida e sumo de limão, regar com o molho de camarão e servir.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Esparguete á bolonhesa

Ingredientes:
  • 200 gr de carne de vaca picada
  • 200 gr de carne de porco picada
  • 1 cebola
  • 6 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • azeite
  • 1 cenoura
  • 1 alho francês
  • cogumelos laminados
  • vinho branco
  • sal
  • pimenta
  • oregãos
Refogar 1 cebola média e 6 dentes de alho picados com 1 folha de louro e 1/2 dl de azeite virgem. Juntar 1 cenoura e 1 alho francês pequeno também picadinhos e deixar refogar durante mais 2 minutos.

Adicionar 1 dl de vinho branco, tapar e deixei cozer em lume brando durante 5 minutos. Juntar a carne picada, o sal e a pimenta e polvilhar com 1 colher de sopa de farinha. Deixei fritar a carne e mexi de vez em quando para fritar toda por igual. Temperar com os orégãos.



Entretanto, pelar 4 tomates bem maduros. Desfazer no triturador e juntar à carne picada (convém aproveitar o sumo do tomate que cai quando se pela) com 1 raminho de salsa. Tapar e deixar cozer em lume brando durante 30 minutos, mexendo de vez em quando. Adicionar os cogumelos, mexer e deixar mais 10 minutos no lume.

Num tacho com água a ferver e sal, cozer 500 gramas de esparguete durante 7 minutos. Depois, escorrer e passar o esparguete por água fria.Levar ao lume com 75 gramas de manteiga e servir.

Colocado o esparguete em cada prato, fiz um buraco que enchi com o molho da carne à bolonhesa. Por cima, coloquei queijo parmesão ralado.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Banana flamejada com wisky, acompanhada de crepes e gelado

Adoro crepes! Lembra-me da minha infância, em que aos domingos fazia crepes para o pequeno almoço de todos, de uma receita retirada do livro "Anita na cozinha"!!!
Agora, resolví fazer novamente, desta vez na bimby e acompanhei com gelado e bananas flamejadas.



Para os crepes:

Ingredientes:
  • 2 ovos
  • 500 grs de leite
  • 250 grs de farinha
  • 1 pitada de sal (colher de café)
  • 1 colher de sopa de açucar
  • 1 colher de sopa de azeite
Coloque todos os ingredientes no copo da bimby e programe 15 seg. vel. 6.
Aqueça a crepeira e coloque o preparado (3 colheres de sopa para cada crepe), virando até dourarem.

Se não gastar o preparado todo, pode ser congelado em pequenas porções!

Ingredientes:
  • 3 bananas não muito maduras
  • 6 colheres de sopa de açucar
  • 1 colher de sopa de água
  • canela em pó
  • wisky
  • gelado de baunilha carte d'or

Levar ao lume 1 frigideira grande com o açúcar, a água e as bananas. Deixar que o açúcar derreta até ficar em caramelo.Ir virando as bananas.
Atingido o caramelo, acrescentar 2 colheres de sopa de água quente para o caramelo ficar mais líquido. Regar com um pouco de wisky e deixei pegar fogo.
Quando se apagar, polvilhar com canela em pó.

Colocar uma banana em cada prato e regar com o caramelo. Guarnecer com bolas de gelado de baunilha da Carte d’Or.

Simplesmente irresistível!!!

Lula no forno guarnecidas com camarão acompanhadas com cogumelos e tentáculos de lula fritos


Ingredientes:
  • 1 lula grande
  • 0,5 kg de camarão
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 ramo de salsa
  • sal
  • louro
  • manteiga
  •  farinha
  • 1 pacote de natas
  • mostarda
  • pimenta preta
  • 2 gemas
  • vinho branco
  • vinho do Porto
  • queijo parmesão
  • pão ralado
  • óleo
  • 400 gr de cogumelos
  • 50 gr de avelãs

Preparar a lula, limpar bem e cortar os tentáculos.

Escaldar o camarão em água a ferver.
Descascar e tirar a cabeça aos camarões. Cortar o camarão aos pedaços e rechear a lula. Fechar com a ajuda de 2 palitos.


Levar ao lume um tacho com água aromatizada com vinho branco e a cebola picada, a salsa, a folha de louro, sal e as cabeças e cascas do camarão. Deixar ferver durante 10 minutos e introduzir a lula recheada. Tapar e deixar cozer durante cerca de 30 minutos.

Untar um tabuleiro com manteiga e colocar a lula cortada em quatro partes.

Num tacho derreter 2 nozes grandes de manteiga e juntar 2 colheres de sopa de farinha. Deixar cozer um pouco e juntar, pouco a pouco, 5 dl do líquido de cozer a lula coado.

Deixar engrossar, juntar 200 ml de natas frescas e temperar com mostarda e pimenta preta.

Aromatizar com vinho do Porto e retirar do lume.

Juntar 2 gemas mexer bem e deitar por cima os pedaços de lula. Polvilhar abundantemente com uma mistura de parmesão e pão ralados e levar a forno bem quente o tempo suficiente para tostar.

Saltear num pouco de manteiga 400 gr de cogumelos bem lavados e cortados ao meio até o líquido desaparecer e polvilhar com 50 gr de avelãs trituradas.

Passar os tentáculo das lulas por farinha e fritar em óleo a ferver.

Servir as lulas guarnecidas com os pedaços de lula frita e acompanhada pelos cogumelos salteados.
 

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Mel, sabia que....


O consumo diário de 1 colher de sopa de mel, produzido na zona onde vive, durante os 3 meses que antecedem a estação do pólen, ou seja a primavera, promove a climatização aos pólenes locais, podendo aliviar os sintomas da febre-dos-fenos, e alergias???

Frango á Biryane com caril de côco

aqui tinha postado, mas sem fotos.

Agora que já tenho a máquina em condições cá vai com as fotos!!!

Ingredientes:


1 frango
1 cebola
3 dentes de alho
1 colher de biryane curry (comprei no Jumbo)

1 pitada de pimenta
côco em pó

1 chávena de vinho branco
azeite q.b.
1 pitada de sal
Refoga-se a cebola e o alho picados num pouco de azeite e qdo estiver alourado adiciona-se o frango cortado aos bocados, a pimenta, o sal, 1 colher de chá do byriane curry e o vinho. Tapa-se e deixa-se o frango cozinhar por 15 min. Se fôr preciso acrescenta-se 1 chávena de água morna.

Deita-se o côco, mexendo bem para não formar bolas e deixa-se ferver.

Qdo o frango estiver cozido, já está pronto!



PS: Fiz com o frango assado que me sobrou de sábado. Não deu muito mas foi o suficiente para o nosso jantar de ontem!!!

domingo, 31 de janeiro de 2010

Entrecosto frito com farinha de milho

Gosto muito de farinha de milho a acompanhar carne ou peixe! Ou mesmo caril.....
"Ufsha" como se chama na minha Terra, pirão em Angola, xarém no Algarve, papas de milho na Madeira.... também já ouví chamarem-lhe carolo....
Eu gosto mais da farinha branca, mas é mais fácil encontrar a amarela ... desta vez como não tinha a branca, lá teve de ser, mas fica saborosa na mesma!!!!



Farinha de milho com ameijoas


Entrecosto frito

Ingredientes:
  • 1/2 Kg de entrecosto
  • alho
  • massa de pimentão
  • pimenta
  • louro
  • sal
  • manteiga
  • salsa
  • 1/2 kg de ameijoas
  • vinho branco
  • 250 gr de farinha de milho
  • 1 cebola
  • azeite
  • coentros frescos
Temperar o entrecosto com massa de alho com sal, massa de pimentão, pimenta, louro e vinho branco e deixar marinhar por 2 horas pelo menos.

Lavar as ameijoas e levar ao lume num tacho com um pouquinho de água, vinho branco e sal até abrirem.

Retirar as ameijoas, descascar e reservar. deixar algumas com casca para decorar. Guardar a água.

Alourar 1 cebola picada com 3 colheres de sopa de azeite virgem e depois juntar 300dl de água quente misturada com o líquido de cozer as ameijoas. Quando começar a ferver, juntar a farinha de milho.

Deixar ferver durante 30 minutos, mexendo de vez em quando para não pegar. Tem de ficar uma papa grossa e começar a despegar do fundo do tacho, se fôr preciso adicionar + um pouquinho de água.

Entretanto, fritar o entrecosto na actifry com uma noz de manteiga e 1 colher de azeite por 15 min. Juntar o que ficou da marinada e deixar continuar a fritar por mais 10 min.

Retirar o entrecosto, coar o molho e juntar á farinha que está ainda a ferver. Juntar as ameijoas descascadas e rectificar o sal.

Decorar o prato com as ameijoas com casca e coentros
picados.

sábado, 30 de janeiro de 2010

Camarões fritos á minha maneira



Ingredientes:
  • 1 kg de camarão 20/30
  • 6 dentes de alho
  • sal
  • vinho branco ou cerveja q.b.
  • pimenta
  • pimentão doce
  • piri-piri ou malaguetas
  • 1 limão
  • azeite
  • manteiga
Prepara-se os camarões dando um golpe ao longo do lombo e retirando a tripa. Corta-se o ferrão da cabeça, as barbas e metade do rabo (não sei porquê, mas aprendó a preparar assim o camarão).

Temperar com alho pizado com o sal, pimenta, pimentão doce, piri-piri e o vinho. Mexer bem para ganharem o sabor. Deixar marinhar por cerca de 2 horas.


Numa frigideira grande, deitar um pouco de azeite virgem e manteiga em partes iguais de modo a que não cubram o camarão. (Se não usar piri-piri, metas as malaguetas no azeite).

Qdo o azeite estiver quente, deite uma mão de camarões de modo a poder virá-los bem. Deixe fritar até alourar e depois vire um a um. Qdo estiver frito retire para uma travessa e ponha o resto do camarão a fritar.


No fim, verter  a marinada para a frigideira e deixar ferver até engrossar o molho, que reduz para metade.

Deitar o molho na travessa por cima dos camarões e espremer o sumo de meio limão para cima.



Ficaram mesmo, mesmo bons!

Chamuças - Especialidades de Maputo (Moçambique)

Como algumas de vocês sabem, nascí em Moçambique e vim para Portugal com 10 anos.
Descendo de uma miscelânea de raças: Portuguesa, Alemã, Indiana e Moçambicana. Esta mistura resultou em mim, e nos meus irmãos claro!!
Andei a pensar na melhor maneira de vos explicar como se fazem as chamuças, não sei se vou conseguir, mas da próxima vez, vou tentar fotografar passo a passo (o que não é fácil pois fico com as mãos sujas e não dá jeito pegar na máquina fotográfica).

Já ás tinha postado aqui, mas agora explico como se fazem!

PS: Adicionei um video retirado da Net que ensina como se enrolam as chamuças!




Então aqui vai:

Ingredientes

  • 1 chávena de água
  • 5 dentes de alho
  • 4 cebolas grandes cortadas ás rodelas finas
  • uma mão cheia de rama da cebola (se não tiverem pode ser cebolinho)
  • 2 colheres de sopa de pó de caril
  • 2 colheres de chá de coentros em pó
  • 2 colheres de chá de cominhos em pó
  • 2 chávenas de farinha
  •  1 colher de sopa de Garam Masala (compro numa loja de indianos, mas se não tiverem aumentem a quantidade de coentros e cominhos em pó)
  • 250 grs de carne de vaca picada (eu compro bifes e pico em casa para não terem nervos nem gordura)
  • 1 colher de sopa de gengibre em pó (ou triturado na bimby)
  • 5 colheres de sopa de manteiga
  • 1 ramo de salsa fresca
  • 1 ramo de coentros frescos
  • óleo q.b.
  • Sal q.b.
  • Sumo de meio limão

Preparação

Junte a farinha, o sal, a manteiga e a água numa tigela. Amasse bem e deixe repousar enquanto prepara o recheio. Pode-se fazer no copo da bimby.

Aqueça a manteiga numa tacho médio, junte 2 cebolas ás rodelas, o gengibre ralado e o alho picado. Deixe alourar, juntando depois o caril, o sal, o limão e a carne de vaca muito bem picadinha. Mexa bem, e deixe cozer em lume brando durante 10 a 15 minutos. Adicione um pouquinho de água, no caso de secar demais. (Mas não é para fazer molho, pq tem de ficar mais seco do que o molho á bolonhesa).

Junte a este preparado o garam masala, o caril, o coentro e os cominhos em pó mexendo bem. Adicione uma pitada de piri-piri (eu não gosto delas muito picantes por isso uso muito pouco piri-piri).

Retire do lume e deixe arrefecer. Prove a carne para ver se está ao paladar e rectifique os temperos. Deve ficar um pouco salgada e com sabor bem pronunciado.

Qdo estiver pronta, adicione as outras 2 cebolas e a rama ou cebolinho cortado finamente e deixe só até a cebola começar a ficar transparente. Adicione a salsa e os coentros frescos bem lavados e cortados finamente. Retire imediatamente do lume e deite num escorredor, para perder a gordura da carne e da manteiga.

Pegue na massa que ficou a repousar, faça pequenas bolas e estenda-as como se fosse para fazer uma pizza. Unte com manteiga e ponha outra massa igualmente estendida por cima e passe novamente o rolo por cima (ficam 2 camadas juntas). Ponha um assador ou uma frigideira anti-aderente grande no lume a aquecer, asse a massa dos 2 lados só até começar a ficar loura muito ao de leve. Atenção para não deixar queimar pois tem de ficar bem fininha. Assim que tirar do lume separe as 2 camadas, mas depois de arrefecer coloque-as em cima umas das outras.
Repita este processo até acabar as bolas de massa. Se não conseguir separá-las,  asse uma camada de cada vez.

Quando estiverem todas assadas e ainda mornas, corte-as de uma vez em tiras de +/- 8 cm com uma boa faca. Apare o canto que fica arredondado para que essas tb fiquem em tiras.

Faça numa caneca um preparado com 3 colheres de farinha e um pouco de água e bata com uma colher até ficar uma pasta tipo cola.

Agarre numa tira de massa e enrole tentanto fazer um triângulo. Deite 1 colher de chá do preparado de carne dentro e continue a enrolar até ao fim. Cole a ponta com a cola de farinha para que a ponta não abra qdo fritar. Repita este passo até acabar as tiras de massa.



Aqueça bem o óleo e deixe aloirar as chamuças.

Eu faço em grande quantidade e coloco-as num tabuleiro em pé umas ao lado das outras, congelo-as e depois meto-as em sacos plásticos.
Como vêm não são fáceis de fazer, mas prometo fazer uma reportagem fotografada da próxima vez que fizer, que deve ser na Páscoa!

Nota: Em alternativa, pode comprar massa Filo e cortar em tiras que também resulta!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Pastéis de nata

Receita antiga na pastelaria de Belém


Imagens retiradas da Net.
Gosto muito de pastéis de Belém (pastéis de nata)!
Esta receita é da minha irmã dos tempos em que ela andou a tirar um curso de pastelaria no Galeto em Lisboa, mas tenho de repetir um destes fins-de-semana!!!

Ingredientes:
  • 6 gemas mexidas
  • 0,5 l de leite
  • 100g de farinha maizena
  • 1 pau de canela
  • 2,5 dl de água
  • 300g açúcar
  • 2 cascas de limão
Num recipiente dissolver a farinha com um pouco de leite e reserve.

Num tachinho, pôr o açúcar, a canela, as cascas, e a água, levar ao lume, deixar ferver durante 3 minutos.

Depois, juntar o leite todo (o que tem a farinha e o que sobrou), e deixar engrossar o creme mexendo sempre. Depois de feito, retirar a canela e as cascas.

Fora do lume, juntar as gemas e mexo muito bem...

Colocar a massa folhada, já pronta, na forma, picar o fundo com um garfo, e deitar o creme por cima.

Vai ao forno até ficar com aspecto dourado.
Bom apetite!
Obrigada pela visita!
Deixe um comentário com a sua opinião!
Related Posts with Thumbnails